Guilherme de Faria expõe no Espaço Cultural HU

11:52 Radio Ideal FM 0 Comentarios



Mostra traz obras inéditas inspiradas na beleza femina

Uma exposição no Espaço Cultural HU, em São Paulo, reúne 30 obras recentes do artista plástico Guilherme de Faria. Figuras femininas nuas ou vestidas é o tema dominante da mostra inédita que será aberta ao público no dia 9 de maio, às 9h30. A exposição contará com 25 desenhos coloridos e cinco litografias. O artista paulistano consagrado acaba de celebrar 50 anos de atividades.

“Os desenhos originais feitos a pincel gestualmente seguem a técnica zen, a nanquim e ecoline (aquarela líquida holandesa) sobre papel alemão Schoeller Hammer montado”, informa Guilherme. As litografias desenhadas diretamente em pedra da Bavária e a tiragem feita sobre papel francês Archessão assinadas a lápis, intituladas e numeradas pelo artista.

A inspiração do artista vem da beleza da figura feminina, na literatura e na natureza. “A mensagem implícita nas minhas obras é a própria magia da arte, pela destreza da abordagem técnica, a beleza das formas, texturas e cores, e a poesia e sacralidade da vida” diz o artista.

Guilherme de Faria vive exclusivamente da sua arte desde 1962. Realizou dezenas de exposições individuais de desenho, gravura e pintura no Brasil, na América Latina, na Alemanha, na Inglaterra, na Itália, em Portugal, nos Estados Unidos, no Japão e em Israel.

Desde criança, fez do desenho e da pintura sua forma de expressão, cultuando grandes nomes da pintura, do desenho e da gravura mundiais, assim como da literatura clássica. A sua família ligada à arte possuía uma boa biblioteca em casa. Guilherme encontrou incentivo nesse ambiente artístico, mas foi principalmente a literatura que o fez interessar por ilustrar histórias. Começou ilustrando os clássicos que ouvia narrados pela mãe, antes mesmo de saber ler.

A sua primeira influência foi o grande desenhista ilustrador francês Gustave Doré, cujas xilografias encontrava nos grandes volumes na biblioteca do pai (BíbliaDom Quixote de La Mancha,Gargantua e Pantagruel, de Rabelais, As Aventuras do Barão de MünchausemA Divina Comédia, de Dante Alighieri, etc...). Depois se interessou pela a arte clássica grega, e a renascentista, de Da Vinci e Michelangelo. A partir de 1963, a arte do suíço Carl Plattner e a arte tradicional japonesa da caligrafia e do sumiê.

Nascido em 29 de dezembro de 1942, em São Paulo, no bairro de Perdizes, em São Paulo, desde os 7 anos mora nos Jardins. Artista veterano, multimídia: pintor a óleo, figurativo e paisagista, desenhista, gravador em metal e litografia, escritor, poeta, cordelista, declamador, e recentemente compositor.

A exposição gratuita no Espaço Cultural HU permanece até o dia 6 de junho, de segunda a sábado, das 8h às 19h. O Espaço Cultural HU fica na Avenida Professor Lineu Prestes, 2.565 – Cidade Universitária – no bairro do Butantã, em São Paulo.



EXPOSIÇÃO GUILHERME DE FARIA NO ESPAÇO CULTURAL HU
Ingresso: gratuito
Horário: segunda a sábado, das 8h às 19h
Data: de 9 de maio a 6 de junho
Local: Espaço Cultural HU
Endereço: Av. Dr. Lineu Prestes, 2.565 – Cidade Universitária.
Informações: (11) 3091-9201

0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga