Projeto de equoterapia municipal tem aulas neste final de semana

17:38 Radio Ideal FM 0 Comentarios



Neste sábado, 06, serão retomadas as aulas de equoterapia no recinto da Fait, com uma estrutura coberta voltada para o conforto das crianças de nosso município.
A equoterapia é um método terapêutico e educacional, que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiências e/ou necessidades especiais. 
A andadura do cavalo imprime movimentos tridimensionais, ou seja, em três eixos distintos para cima e para baixo, para um lado e para outro e para frente e para trás, que são estímulos somatossensorial, proprioceptivos e vestibulares para o praticante cavaleiro.
Com isso a criança desenvolve o controle postural pelo estímulo e o equilíbrio motor.
A Prefeitura e as secretarias de Agricultura e Meio Ambiente e Educação agradecem à família Zambianco, o senhor Tony Persone e Laerte Rui por tornarem tecnicamente possível a realização desse projeto e aos patrocinadores.
Fornecedores do feno
- Rancho Água de Pedra (Nando - 9771.0924)
- Fazenda Morganti (André - 8118-2626 e 7835.8451)
- Fazenda Pau D'Alho (Cristina - 3282.2343 e 8165.8888)

Fornecedora da ração
- Rações Petrim (Guilherme e Priscila - 15 3283.2919)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
8ª PAIXÃO DE CRISTO TIETÊ 2013 ATRAI GRANDE PÚBLICO

A Paixão de Cristo Tietê 2013 foi realizada neste final de semana, nos dias 30 e 31 de março, teve sua estrutura inteiramente modificada desde a quantidade de palcos e cenários (sendo sete ao todo), até as mudaças de texto e direção.
Cerca de sete mil pessoas prestigiaram e se emocionaram com o espetáculo que ocorreu no Estádio José Ferreira Alves (Campo do Comercial Futebol Clube).
O elenco composto de 100 atores, vindos de sete cidades contou a história de Jesus Cristo em duas horas de encenação, usando de um personagem/narrador, Artaban o Quarto Sábio (vivido pelo ator Guto Campos) e passou do nascimento a Ressurreição de Jesus (ator Gabriel Tonin).
A equipe formada por Luiz Xavier, Marco Ferrazzi, Eloa Santos, Diego Mantuaneli, Carlos Venâncio, Lucas Rojas, Paulo Serafim, Kauan Marques, Robson Pestana, Felipe Fré, Renan Moraes, Joice Monteiro, os colaboradores Marília Scomparim, Wilson Campanelli, Ricardo Belotto, Francisco Morás e a Diretora Sofia Morás, trabalhou em parceria da Prefeitura do Município de Tietê, com a iniciativa privada.
“O apoio da Prefeitura do Município de Tietê, além de essencial é justo, pois esta não é só uma das manifestações culturais de nossa região, como também já é uma tradição.” Completou a diretora Sofia Morás.
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Prefeitura de Tietê confirma participação em competições oficiais

Nesta segunda-feira, 01, a Prefeitura de Tietê confirmou a participação das modalidades esportivas de basquete, handebol, tênis de mesa e vôlei em competições oficiais das ligas regionais em 2013.
O prefeito Manoel David recebeu os presidentes das ligas regionais de basquete e handebol e representantes do vôlei e tênis de mesa e confirmou a participação dessas modalidades envolvidas com as escolinhas de formação esportiva da Secretaria de Esportes e Lazer
O encontro marcou a reativação da participação do basquete e tênis de mesa tieteense dentro das ligas regionais.
As demais modalidades ligadas à Secretaria de Esporte e Lazer também participarão de competições oficiais e sua formalização deve ocorrer em breve.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------
CENTRO ODONTOLÓGICO OFERECE DENTADURAS E PONTES MÓVEIS GRATUITAMENTE

O Centro Odontológico Municipal informa que há disponibilidade de dentaduras e pontes móveis gratuitas para a população. Por mês são realizadas a produção de em média 30 próteses dentárias.
Para o agendamento e mais informações, basta o cidadão se dirigir ao Centro Odontológico Municipal à rua Capitão João Batista Nitrini, 111 ou ligar para (15) 3282-4688.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Posted: 02 Apr 2013 06:48 AM PDT
Apesar da aprovação em segundo turno pelo Senado Federal na última semana, e prestes a ser promulgada, a Proposta de Emenda à Constituição que pretende igualar os direitos dos empregadas domésticos aos dos demais trabalhadores no país ainda provoca muita polêmica. No embate, uma das questões recorrentes contra a formalização é o aumento no custo de contratação de serviços domésticos, que poderia levar a uma redução na demanda, acarretando demissões em massa e mais trabalho informal. Na direção contrária, o estudo fornece subsídios para a afirmação de que a PEC e a formalização vêm corrigir uma dívida histórica para com milhões de mulheres brasileiras, além de gerar crescimento econômico para o país.
Antecipando-se à eclosão do debate, o estudo “Impactos de Bem-Estar de Mudanças no Mercado de Serviços Domésticos Brasileiro” buscou avaliar os efeitos diretos da formalização do trabalho doméstico bem como os impactos desencadeados no restante da economia. A pesquisa simula resultados a partir do consumo das famílias que dependem do trabalho doméstico: um crescimento de aproximadamente R$ 19 bilhões (US$ 9,5 bilhões) a preços de 2011 no PIB brasileiro e a geração de 630.000 empregos indiretos – principalmente nos setores de produção de eletrodomésticos e em relação a serviços de saúde – poderiam ser atribuídos ao aumento da renda dos trabalhadores.
Desenvolvido pelo Prof. Edson Paulo Domingues e pela pesquisadora Kênia Barreiro de Souza, ambos do Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional de Minas Gerais (Cedeplar) da Universidade Federal de Minas Gerais, o estudo foi financiado pela ONU Mulheres no âmbito do Programa Interagencial de Promoção da Igualdade de Gênero, Raça e Etnia, com recursos oriundos do Fundo para o Alcance dos Objetivos do Milênio (F-ODM) do governo espanhol, e desenvolvido em parceria com o Centro Internacional de Políticas para Crescimento Inclusivo (IPC-IG), do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Finalizado em 2012, o estudo está sendo publicado hoje, 01 de abril de 2013, pela ONU Mulheres e pelo IPC.
Entre 2005-2011 a demanda por trabalho doméstico se manteve estável no Brasil, de acordo com as estatísticas oficiais de emprego mensais, enquanto a média salarial da categoria durante este período aumentou em cerca de 10% ao ano.
O estudo mostra que os ganhos em rendimento no fundo da pirâmide social geram benefícios para o bem-estar da sociedade como um todo, e que a demanda por serviços domésticos se mantém estável, mesmo que haja aumento de custos deste tipo de trabalho.
Um resumo da pesquisa pode ser encontrado em:
http://www.ipc-undp.org/pub/port/IPCOnePager180.pdf
Para fazer o download da pesquisa completa, acesse:
http://www.unifem.org.br/sites/700/710/2013/IPCWorkingPaper96.pdf
Histórico e metodologia
Desde o final de 2010 que a ONU Mulheres tem interesse em realizar um estudo sobre os custos e benefícios da formalização do trabalho doméstico no Brasil, principalmente porque um dos argumentos mais citados contra a formalização do trabalho doméstico é que esta poderia gerar mais desemprego e aumentar o estresse econômico.
A parceria com o Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo (IPC-IG) foi fundamental para a realização da pesquisa. O IPC-IG no Brasil é um fórum global do PNUD para a Cooperação Sul-Sul cujo objetivo é produzir e divulgar estudos e recomendações de políticas públicas para o crescimento inclusivo a partir de experiências inovadoras nos países em desenvolvimento.
Durante as discussões preparatórias para a pesquisa, surgiu a ideia de usar um modelo dinâmico de equilíbrio geral econômico como uma ferramenta que poderia ser muito útil, com a vantagem de que este modelo permitiria a construção de simulações e a realização de uma análise macroeconômica dos efeitos multiplicadores das mudanças nos custos do trabalho doméstico.
Assim, de forma inovadora, esta pesquisa utiliza um modelo de equilíbrio geral econômico computacional adaptado para a realização de análises sociais. Vários países utilizam esses modelos atualmente, mas seu uso concentra-se principalmente em estudos de comércio internacional e transporte. Apenas recentemente este tipo de modelo começou a ser usado para análises sociais.
“Agregado aos esforços da ONU Mulheres em promover a importância da agenda do trabalho decente fundamentada em valores de justiça social, a pesquisa também forneceu uma justificativa econômica para a ratificação da Convenção sobre Trabalho Decente para as trabalhadoras e os trabalhadores domésticos da Organização Internacional do Trabalho (OIT), a Convenção 189. A ONU Mulheres tem trabalhado em conjunto com a OIT, especialmente apoiando organizações de trabalhadoras domésticas em suas demandas por direitos trabalhistas”, diz Rebecca Tavares, representante da ONU Mulheres no Brasil.
A ONU Mulheres caminha junto à sociedade civil e aos governos para construir sociedades que visem à equidade de gênero e o empoderamento das mulheres em todas as suas esferas. Esperamos que esta pesquisa seja relevante para a discussão em torno da formalização do trabalho doméstico no país, e que ajude a fomentar ideias e soluções que promovam a inclusão social de todos os integrantes da sociedade brasileira.
ONU Mulheres
Posted: 02 Apr 2013 06:41 AM PDT
A Conferência dos Bispos do Brasil (CNBB) publicou no dia 07 de março, uma carta aberta sobre o Marco Regulatório da Mineração. A partir desta publicação, foi realizada no dia 22 de março, a primeira reunião com o objetivo de organizar uma forte articulação de entidades e movimentos sociais, em favor de um processo democrático para elaboração e aprovação deste marco regulatório. Esta Lei poderá definir o que será feito com os minérios existentes em nosso país. Não se pode aumentar a retirada dos subsolos por grandes empresas, exportando-os para ganhar mais com o aumento dos preços; nem permitir a instalação de mineradoras em todos os lugares, mesmo em reservas ambientais e nos territórios indígenas e de comunidades tradicionais.
Se nada for feito pela sociedade, parece certo que o governo liberará a exploração em todo lugar que exista minério, e até financiará as mineradoras, sempre de olho nos dólares que podem ser ganhos. A CNBB e as entidades que começaram a construir uma ação em comum desaprovam estas ações. Para elas, os minérios são um dom da natureza, gerados durante milhões de anos da terra. Estes minérios não se reproduzem, e, por isso, irão acabar rapidamente se forem explorados com tamanha voracidade. Eles são um bem comum da humanidade, e só podem ser utilizados, se forem indispensáveis para a vida humana, e se a sua extração não agredir o ambiente necessário para todos os seres vivos. Por isso, o código da mineração não pode ser obra somente de técnicos do governo e das empresas, nem só dos congressistas. Ele precisa ser feito a partir de um diálogo verdadeiro com os povos que serão afetados, e por toda a sociedade. E todos precisam se lembrar que a geração atual não tem o direito de usar e abusar das riquezas naturais, pois elas são bens comuns também das gerações futuras.
Fórum de Mudanças Climáticas
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Secretaria de Estado da Cultura lança o Mapa Cultural Paulista 2013/2014

Em uma iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura, realizado pela Abaçaí Cultura e Arte - Organização Social de Cultura, e contando com o apoio das prefeituras do Estado de São Paulo, o Mapa Cultural Paulista 2013/2014 tem por objetivo identificar, valorizar e promover o intercâmbio da produção cultural no Estado e, ao mesmo tempo, estimular a participação de seus municípios em atividades culturais.
Para a edição 2013/2014, serão consideradas sete expressões artísticas: Artes Visuais, que compreende Artes Plásticas, Desenho de Humor e Fotografia; Vídeo; Canto Coral; Música Instrumental; Literatura, que compreende Conto, Poema e Crônica; Dança; e Teatro.
 A Fase Municipal do Mapa Cultural Paulista objetiva a escolha dentro da diversidade das expressões artísticas que representarão o município na Fase Regional, podendo o mesmo candidato/artista participar em qualquer uma ou em todas as sete expressões.
 Cada cidade interessada em participar do programa deverá realizar até o dia 30 de junho de 2013 eventos com amplo conhecimento público, nos quais serão selecionadas as obras e/ou trabalhos que representarão seu município. Nos casos em que houver apenas um inscrito por expressão, não há necessidade de realização de evento. No entanto, o corpo de jurados deverá emitir parecer que justifique a inscrição do artista e/ou grupo para a Fase Regional.
 O mapeamento será feito em quatro Fases, sendo Municipal e Regional em 2013 e Estadual e Circulação em 2014, compreendendo a circulação de obras e apresentações por municípios do Estado, fase que poderá receber apoio e/ou patrocínio cultural.
O Estado de São Paulo foi dividido em 13 regiões administrativas: Araçatuba, Araraquara, Baixada Santista, Bauru, Campinas, Grande São Paulo, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba e Vale do Ribeira.
Poderá participar da Fase Municipal do Mapa Cultural Paulista qualquer cidadão, bem como grupos, do município de Cerquilho, desde que comprovem residência na cidade.
A Coordenação Geral do Mapa Cultural Paulista está a cargo da Organização Social Abaçaí Cultura e Arte, que organizará o evento reunindo os municípios, prestando informações, decidindo em conjunto com os dirigentes municipais de cultura quais serão as cidades-sede regionais e dando todo o acompanhamento necessário.

CERQUILHO

À Prefeitura de Cerquilho, por meio de seus dirigentes culturais, caberá: receber, conferir a documentação, preencher a ficha de inscrição regional e encaminhar as obras e trabalhos, com toda a documentação exigida conforme orientação da Abaçaí Cultura e Arte; facilitar a participação dos inscritos, oferecendo transporte e alimentação para as atividades da Fase Regional e/ou Estadual conforme cronograma que será fornecido pela Coordenação, garantindo apoio aos seus representantes.
Todos os participantes de edições anteriores poderão se inscrever desde que apresentem produções e/ou criações inéditas no Mapa Cultural Paulista.
Os participantes deverão apresentar comprovante de residência ou domicílio eleitoral e/ou comprovante de vínculo com o município. Os participantes também deverão apresentar documento que comprove a data de nascimento.
A idade mínima para a participação é de 14 anos completos até a data de realização do evento, sendo que, menores de 18 anos deverão estar acompanhados pelos pais ou responsável no ato da inscrição, com um documento de autorização, com cópias dos documentos pessoais (RG e CPF), tanto dos responsáveis quanto do menor. Os mesmos deverão ser anexados à ficha de inscrição assinada pelo responsável.
É vetada a participação de estrangeiros que não estejam com seus documentos regularizados. 

 A Coordenadoria de Cultura de Cerquilho  receberá inscrições para a Fase Municipal do Mapa Cultural Paulista 2013/2014 no período de 9 de abril a 31 de maio de 2013, de terça a sexta, das 13h às 17h.
Mais informações no site http://mapaculturalpaulista.org.br/edital.

 ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Projeto da Espanha virá ao Teatro Municipal de Cerquilho

A cidade de Cerquilho foi citada recentemente na imprensa espanhola em textos que difundiram a entrega do Prêmio Progresso da Andaluzia 2013 ao projeto EDITA – Encontro Internacional de Editores Independentes, dirigido por Uberto Stabile em Punta Úmbria, Espanha.
De 21 a 23 de maio próximo, o Teatro Municipal de Cerquilho acolherá esse projeto que já conta com mais de 20 anos de existência e 25 edições na Espanha, México e Colômbia. Com coordenação de Cristiane Grando, diretora do Teatro, e de Uberto Stabile, acontecerão no auditório do Teatro Municipal recitais, performances e palestras durante o XXVI EDITA BRASIL: Encontro Internacional de Editores Independentes.
Nas mesmas datas, acontecerá a I Feira do Livro no Teatro, na recepção, com exposição e venda de livros das editoras convidadas a participar do EDITA. Com o intuito de integrar os dois continentes, América e Europa, assim como de compartilhar experiências, a convocatória e ficha de inscrição para esses eventos destinam-se a todo o território nacional e aos países hispânicos – podem ser lidas em português e espanhol.

Na inauguração do EDITA BRASIL e da FEIRA DO LIVRO NO TEATRO haverá atividades vinculadas ao projeto Mãos Cerquilhenses: exposição e venda de artesanato, um projeto do Teatro Municipal de Cerquilho e da Coordenadoria de Cultura que será lançado ao público em março próximo. No encerramento, no dia 23 de maio, além da programação do EDITA BRASIL, os convidados nacionais e internacionais participarão de um evento tradicional: o Encontro dos Tropeiros.

Editoras e escolas interessadas em participar e/ou visitar o XXVI EDITA BRASIL podem encontrar o edital e as fichas de inscrição no site da Prefeitura de Cerquilho, no www.cerquilho.sp.gov.br
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Teatro Municipal de Cerquilho prestigia Jumirim

No último dia 28, a diretora do Teatro Municipal de Cerquilho, Cristiane Grando, foi a Jumirim prestigiar o magnífico evento “Concerto de Semana Santa”, que contou com apresentações musicais de três grupos, entre eles a Tatuí Jazz Sinfônica, regida pelo maestro Sérgio Gonçalves de Oliveira.
Na ocasião, além de saudar o prefeito Ademir do Nascimento, parabenizou o secretário empossado nesta semana, o músico Ítalo Queiroz, pela conquista da recém criada Secretaria de Cultura e Turismo de Jumirim.
Com um repertório eclético, a Tatuí Jazz Sinfônica tocou temas de filmes e da Broadway, sucessos da década de 1970, um pot-pourri de sambas, além de clássicos da música brasileira e internacional. “Uma noite inesquecível, com música ao ar livre e boa companhia”, segundo a diretora.
No dia 13 abril, às 20 horas, com entrada gratuita, o Teatro Municipal de Cerquilho apresentará o show “Ítalo Queiroz canta Luiz Gonzaga”, no qual “o músico instrumentista e cantor criará um ambiente nordestino com desenvoltura e elegância, como vimos sua participação especial no concerto da Tatuí Jazz Sinfônica, um momento de alegria que se estampou nos rostos do público presente”, afirmou a diretora do Teatro, Cristiane.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Deputada Maria Lúcia (PSDB) visita Salto de Pirapora

Hoje à tarde,1, a deputada estadual Maria Lúcia (PSDB) visitou a cidade de Salto de Pirapora. A parlamentar participou de uma reunião com o prefeito Santelmo Xavier Sobrinho (PMDB), o vice-prefeito Helio Rossi (PSDB), o presidente da câmara municipal da cidade, Francisco de Assis Henrique de Oliveira (PMDB), entre outras lideranças partidárias, além de vereadores da cidade. Na reunião a deputada tratou de assuntos relacionados à cidade nas áreas de infraestrutura, educação, lazer e turismo.
----------------------------------------------------------------------------
Alunos do Projeto Karate brilham em torneio

No último dia 24, abrindo as comemorações ao aniversário de 64 anos de Cerquilho, aconteceu a V Copa Cerquilho de Karate no Ginásio Municipal de Esporte “Mario Pilon”.
Com a participação de 320 atletas de 20 cidades do estado de São Paulo, a competição contou com um ótimo nível técnico. Os alunos do Projeto Karate de Cerquilho participaram brilhantemente do evento, conquistando quatro medalhas de ouro, uma de prata e nove medalhas de bronze. Os professores do projeto, William e Adriana, ficaram muito felizes com a participação dos familiares prestigiando o evento, pois de alguma forma o esporte contribui para a união da família.
Os professores agradecem o Prefeito Antônio Del Bem Junior, o secretário de Esportes, Turismo, Lazer e Juventude, Izael Grando e a diretora da pasta, Ronilse Massarico Gonçalves, pela presença e pela confiança nos professores a no Projeto de Karate.
Os professores também agradecem aos colaboradores Transbom Transportes, Colégio Técnico Future, Ruach Transportes, Tuka Calçados, Supermercado Caminhada e Pope’s Calçados.



O perigo é real

O risco de uma Terceira Guerra Mundial não é ilusório. A paz quase que não tem passado de figura de retórica. Em grande parte da História humana, o período em que prevaleceu é ínfimo. Se é que já houve verdadeira paz neste mundo... Somente na alma de alguns bem-aventurados é que ela tem conseguido habitar. (...) Por isso, certamente, advertiu o papa João Paulo II (1920-2005), numa memorável alocução, na década de 1980, que “o perigo é real”.
A concórdia entre religiosos é a primeira a ser conquistada. A paz de consciência dos seres terrenos, gerada por uma nova postura universalista, ecumênica, porquanto altamente fraterna, propicia a paz social, a paz entre as instituições e a desejada paz mundial, sob a proteção do Pai celeste, o maior diplomata da história deste Planeta, não obstante nosso recorrente mau uso do livre-arbítrio. Para os que riem dessa realidade, uma pequena recordação do cético Voltaire (1694-1778): “Se Deus não existisse, precisaria ser inventado”.
John Kennedy e a paz
Muitas nações não estão diretamente envolvidas nos conflitos armados que flagelam este orbe, mas todas sofrem a opressão do medo ou da miséria, pela violência dos armamentos novos ou pelo desvio maciço de verba para a indústria da morte, em prejuízo da instrução, educação, espiritualização, alimentação e saúde dos povos. Portanto, a guerra nos afeta a todos nestes tempos de comunicação rápida e de temporais de informações, que ameaçam, com seus raios e trovoadas, dar curto-circuito nos cérebros. Daí a inclusão que faço, neste bate-papo despretensioso com Vocês, deste pensamento de John Fitzgerald Kennedy (1917-1963): “Só as armas não bastam para guardar a paz. Ela deve ser protegida pelos homens (...). A mera ausência de guerra não é paz”.
A Terra só conhecerá a paz quando viver o amor espiritual e souber reconhecer a verdade divina. No entanto, a divina verdade de um Deus que é Amor. Não a de um ser brutal e vingativo, inventado pelos desatinos humanos. De fato, o perigo continua real. E nós, como tontos, no meio dele, nessa “briga de foice no escuro”. Quousque tandem, Catilina?
Para edificar a Paz
Na revista “Globalização do Amor Fraterno” (em português, francês, inglês e esperanto), entregue pela Legião da Boa Vontade a chefes de Estado e demais delegações presentes no “High-Level Segment 2007”, na sede da ONU, em Genebra, Suíça, trouxe, de meu livro “Reflexões da Alma”, um notável trecho extraído do Preâmbulo da Constituição da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura — Unesco, aprovada em 16 de novembro de 1945, por considerar que outro caminho para a Humanidade será o da destruição: “ Se as guerras nascem na mente dos homens, é na mente dos homens que devem ser construídos os baluartes da paz”.
É essencial destacar as propostas e ações de real entendimento, diferente rota para os povos será a do remédio amargo. Por isso mesmo, não percamos a esperança. Perseveremos trabalhando por um Brasil melhor e uma humanidade mais feliz. Eis a direção da vitória. E não se trata de argumento simplório.

José de Paiva Netto — Jornalista, radialista e escritor.





0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga