Ipanema fecha parceria com cervejaria para orientar ouvintes no final de semana em Porto Alegre Porto Alegre – Projeto vai promover ações e eventos em bares e casas noturnas

11:57 Radio Ideal FM 0 Comentarios



Ipanema FM 94.9 de Porto Alegre fechou parceria com a cervejaria que produz que a cerveja Devassa e lançou o projeto “Final de Semana Ipanema bem Devassa”. A ação visa orientar os ouvintes durante as 48 horas de programação da emissora sobre eventos que serão promovidos na capital gaúcha envolvendo entretenimento, informação e futebol. 
O objetivo é possibilitar maior aproximação com o público. Para divulgar o ‘Final de Semana Devassa’, além de utilizar as mídias sociais e spots durante a programação, a rádio veicula outdoors nas ruas da capital. A criação das peças é assinada pela agência Bonaparte. “Final de Semana Ipanema bem Devassa” conta com programas ao vivo itinerantes, feitos em bares e casas noturnas de Porto Alegre, com conteúdo baseado em notícias leves, engraçadas e na cultura pop em geral. 
 
Em maio do ano passado, a Ipanema lançou a cerveja IPAnema 94,9 IBUS durante o ‘Encontro Aberto da Acerva Gaúcha’. A cerveja de origem inglesa, com a característica de ser amarga - IBUS é o índice de cálculo de amargor da cerveja. Por exemplo, uma cerveja comercial tem em torno de 10 IBUS, mas a da rádio foi produzida com 94,9 IBUS, “sempre mais amarga que as outras”.
 
A Acerva Gaúcha é uma associação que reúne pessoas que produzem cerveja em casa, de forma artesanal. Entre as principais atividades da associação estão encontros periódicos, em que os associados trocam informações e experimentam as cervejas produzidas pelos demais. Uma vez por semestre, a Acerva promove um evento aberto ao público, no qual os associados expõem suas bebidas para degustação de todos.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática rejeitou oProjeto de Lei 3612/12, do deputado Rogério Carvalho (PT-SE), que altera o Código Brasileiro de Telecomunicações (Lei 4.117/62) para estabelecer que o programa A Voz do Brasil seja veiculado de acordo com o horário local do ouvinte. O Tudo Rádio publicou na semana passada que o projeto estava em tramitação pela Câmara dos Deputados. Com isso, a Voz do Brasil continua indo ao ar às 19 horas, seguindo o horário de Brasília.
Atualmente, a atração é transmitida em todo o país às 19h de Brasília. Ou seja, vai ao ar uma ou duas horas mais cedo nos estados que têm fuso horário diferente ou que não adotam o horário de verão. Como não foi aprovado pela única comissão que analisaria o seu mérito, o projeto será arquivado, exceto se houver recurso para que seja examinado pelo Plenário.
 
O relator da proposta, o deputado Fábio Ramalho (PV-MG) reconheceu a preocupação do autor com populações rurais distantes dos centros urbanos, que não conseguem sintonizar rádios locais ou próximas e são obrigadas a procurar opções em outras cidades ou estados. "Um ouvinte do Amazonas que sintoniza uma emissora do Distrito Federal durante o horário de verão ouve A Voz do Brasil às 17 horas", exemplificou. "São essas diferenças de horário que o autor pretende eliminar, para que todas as transmissões ocorram às 19 horas do horário local”, completou.
 
Ramalho, entretanto, votou pela rejeição da matéria por entender que o problema afeta uma parcela restrita dos brasileiros. Ele destacou ainda que, em geral, a população rural que precisa sintonizar rádios localizadas em outros estados possui maior flexibilidade no seu dia a dia; logo, a exibição da Voz do Brasil antes das 19 horas (horário local) não gera grandes obstáculos.
 
Vale ressaltar que o projeto é diferente do Projeto de Lei 595/03 de autoria da deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB –AC), que "flexibiliza a retransmissão do programa "A Voz do Brasil" no horário compreendido entre as 19h30 e 00h30 horas; estende a obrigatoriedade de transmissão às emissoras de televisão; altera a Lei nº 4.117, de 27 de agosto de 1962”. Neste caso, o projeto segue esperando para ser votado no plenário da Câmara.
 
Com informações do Correio Braziliense
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Nos últimos dias, o aumento no preço do tomate fez com que o alimento ganhasse grande destaque nas redes sociais. Em alguns lugares, o quilo do tomate chegou a custar R$ 13 e o fato fez com que os usuários utilizassem a internet para protestar e fazer piadas. Como forma de apoio ao protesto pela alta, a Nativa FM 95.3 de São Paulo vai dar um quilo de tomate, juntamente com o prêmio, para os ouvintes sorteados na programação.
De acordo com as informações da emissora, a promoção é uma forma de apoiar os ouvintes inconformados com o recente aumento no preço dos alimentos, em especial o tomate. A promoção vai de segunda a sexta, entre os dias 15 e 19. A promoção será desenvolvida apenas para o horário local de São Paulo, no 95.3 FM. A emissora ainda vai abrir o microfone para o público que quiser fazer a sua reclamação ao vivo.
 
Na feira do último domingo da Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) - uma das principais de São Paulo -, consumidores e até comerciantes reclamavam das tarifas de uma maneira geral, mas elegeram dois novos vilões: a cebola e a batata. Os dois itens sofreram aumentos de aproximadamente 15% e 25% nas últimas semanas, respectivamente, mas as taxas podem subir, pois os comerciantes alegam estar "segurando" o reajuste para não assustar a clientela.
 
Nativa lança promoção com cantor Amado Batista
 
A Nativa também está com outra promoção em que vai sortear um carro zero quilômetro com o cantor Amado Batista. Para participar, o ouvinte deve mandar cartas para a Caixa Postal 26057 – CEP 05513-970, respondendo o que tem no porta malas do carro do Amado Batista. A resposta mais criativa ganha o carro. O resultado da promoção será no dia 28 de junho.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

CBN abre inscrições para prêmio de jornalismo universitário

São Paulo – Estudantes devem se inscrever até o dia 29 de junho
Publicidade
CBN FM 90.5 AM 780 de São Paulo está com inscrições abertas para o 5º Prêmio CBN de Jornalismo Universitário. As inscrições só poderão ser feitas pela internet, no site da CBN e estudantes de qualquer curso superior poderão participar. O primeiro colocado (ou primeiros colocados, no caso de reportagem em grupo) terá direito a troféu, iPad e visita supervisionada à CBN de São Paulo, com as despesas de passagem e hospedagem pagas, além da veiculação da reportagem na programação da rádio e a e certificado de participação.
O objetivo da premiação é descobrir novos talentos e aproximá-los do rádio. Os trabalhos, que podem ser individuais ou em grupo, devem ser sobre um dos seguintes temas: “Histórias de paixão por futebol” ou “Descobrindo minha cidade”. Além dos prêmios, haverá também duas menções honrosas cujos conteúdos também serão veiculados, além de receberem certificados. O resultado será divulgado no dia 1º de outubro, data de aniversário da CBN.
 
Programa esportivo tem edição especial no domingo
 
CBN Esportes, que vai ao ar pela CBN AM 860 FM 92.5 do Rio de Janeiro está completando 13 anos no ar e a comemoração será neste domingo, dia 14, com um programa especial, apresentado por Carlos Eduardo Eboli, a partir de 9h da manhã, diretamente do Aterro do Flamengo. O estúdio será montado próximo ao Monumento aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, local também da largada e chegada da Ecorrida, que estará movimentando o domingo esportivo no Rio.
 
Entre os convidados do programa estão o comentarista Amir Somoggi, titular do quadro "CBN no Campo dos Negócios"; Miguel Angelo da Luz, técnico que levou a seleção feminina de basquete ao título mundial em 1994 e à medalha de prata olímpica em Atlanta-1996; a ex-jogadora de vôlei de praia Adriana Behar, vice-campeã olímpica em Sydney-2000 e Atenas-2004, jogando ao lado de Shelda, e que hoje integra a equipe técnica do Comitê Olímpico Brasileiro; e a remadora Fabiana Beltrame, campeã mundial em 2011, na Eslovênia, entre outros.
 
Parte da equipe de esportes da CBN no Rio de Janeiro e alguns jornalistas de Cidade estarão no evento, participando da corrida e do programa.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Associação protesta contra obrigatoriedade de execução de frevo em rádios de Recife

Recife – Projeto sancionado pelo prefeito de Recife deve ser publicado hoje
Publicidade
Associação das Empresas de Radiodifusão de Pernambuco (Asserpe)divulgou nota nesta quarta-feira, 10, em protesto à  medida que obriga as emissoras comerciais de Recife a tocarem frevo. Batizado de Momento do Frevo, o projeto de lei  4/2013 prevê que as rádios de Recife devem veicular, no mínimo, uma vez ao dia, uma canção no ritmo, entre 8h e 12h ou 14h e 18h.
De autoria do vereador Marcos Aurélio Madeiros (PTC), a proposta recebeu nesta terça-feira, 9, a assinatura do prefeito de Recife, Geraldo Júlio, e pode ser publicada no Diário Oficial local até o fim desta semana. A medida afeta cerca de sete emissoras da capital pernambucana e gerou protestos dos radiodifusores. Eles devem se reunir com o prefeito ainda nesta semana para tratar do assunto. Caso não haja entendimento, a Asserpe acionará a Justiça.
 
De acordo com o presidente da entidade, Cléo Nicéas, a proposta é inconstitucional, pois interfere na liberdade de programação das emissoras. Além disso, somente o Congresso Nacional pode legislar sobre matéria relativa a rádio e TV. “Reconhecemos a importância da valorização desse ritmo, mas é abusiva a obrigatoriedade exercida pelo poder público sobre a execução de qualquer conteúdo em veículos de comunicação”, disse. Segundo ele, a imposição interfere no livre direito de os veículos se comunicarem com o seu público, o que é garantido na Constituição.
 
A lei, que deve entrar em vigor hoje com a publicação no Diário Oficial do Recife, vai obrigar rádios comoClube FM 99.1, Recife FM 97.5, Jovem Pan FM 95.9, Nova Brasil FM 94.3, Transamérica FM 92.7, entre outras, a executarem um Frevo por dia no horário entre 8h e 12h ou entre 14h e 18h. O projeto deixou de fora as emissoras segmentadas religiosas e a CBN FM 90.3, que é uma rádio jornalística. "Não tem sentido eu querer ouvir frevo na rádio religiosa. E a proposta da CBN é notícia. Mas se um dia ela vier a tocar músicas, terá que obedecer à Lei. É algo que vai se adaptar sem nenhuma dificuldade", acredita o vereador autor da lei, cujo projeto não informa essa exceção. Outra exceção será a Mix FM 103.1, cuja concessão pertence aJaboatão dos Guararapes, município populoso vizinho ao Recife.
 
Com infomações da Abert
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Comissão da Câmara dos Deputados pode analisar criação de carteira nacional do radialista

Brasília – Proposta foi apresentada no mês passada e segue esperando tramitação
Publicidade
Talk Radio SMS
projeto de lei 1005/2007, que cria a "carteira nacional de radialista" de autoria da deputada federal Manuela D’Ávila (PCdoB/RS), teve parecer favorável à aprovação da proposta na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJ)da Câmara dos Deputados pelo relator do projeto, deputado João Campos. O documento dispõe que o documento de identidade da categoria passe a ter validade em todo o território nacional, sendo emitida pela Federação dos Radialistas (Fitert), por meio dos sindicatos filiados.
A proposta, de autoria da deputada federal Manuela D´Ávila (PCdoB/RS), dispõe que o documento de identidade da categoria passe a ter validade em todo o território nacional, sendo emitida pela Federação dos Radialistas (Fitert), por meio dos sindicatos filiados. O principal argumento utilizado pelo relator para recomendar a aprovação do projeto de lei é o princípio de equiparação a outras categorias profissionais regulamentadas por lei que já desfrutam desse direito, inclusive os jornalistas, que desde 1982 têm reconhecida a carteira de identidade profissional como documento válido em todo o país e para todos os fins.
 
A falta do reconhecimento da identidade profissional do radialista traz uma série de dificuldades aos profissionais no exercício cotidiano de suas atividades, especialmente no credenciamento para eventos esportivos e oficiais. A Fitert e os sindicatos estaduais filiados à entidade lutam para que a carteira de identificação profissional seja aprovada o mais rápido possível a fim de evitar transtornos aos radialistas durante a cobertura da Copa do Mundo e das Olimpíadas. 
 
Para isso, os dirigentes sindicais da categoria já estão se mobilizando, em seus respectivos estados, para atuar junto aos seus parlamentares que integram a CCJ visando garantir a aprovação do projeto, que tramita em regime de análise conclusiva, ou seja, não precisa ser votado no plenário da Câmara. Assim, se o PL for aprovado na CCJ vai direto ao Senado.
 
O deputado João Campos destaca no texto que “o projeto ora em debate deve prosperar”, tendo em vista que tem “o fundamento de equiparação a outras categorias profissionais regulamentadas por lei que já desfrutam de tal direito, notadamente a categoria dos jornalistas, que inclusive é categoria coirmã dos radialistas”.
 
Com informações do site do Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ministério das Comunicações abre seleção para autorizar rádios comunitárias em 61 cidades

Brasília - Entidades interessadas em ganhar outorga para operar emissora têm 60 dias para fazer a inscrição

O Ministério das Comunicações publicou na semana passada um aviso de habilitação para inscrição de entidades interessadas em executar o serviço de radiodifusão comunitária. O aviso vai autorizar rádios comunitárias em 61 municípios de vários estados do Brasil. As entidades têm o prazo de 60 dias para se inscrever.
Todas as cidades beneficiadas desta vez já contam com emissoras comunitárias ou têm processos em andamento no ministério, mas manifestaram interesse em ter novas rádios. Esses pedidos que chegam ao MiniCom entram no chamado Cadastro de Demonstração de Interesse (CDI), um mapeamento realizado para identificar onde há demanda por novas emissoras. Os municípios contemplados são do Amazonas (2), Bahia (6), Ceará (6), Espírito Santo (1), Maranhão (1), Minas Gerais (10), Mato Grosso do Sul (2), Mato Grosso (1), Pará (5), Paraíba (2), Pernambuco (3), Paraná (3), Rio de Janeiro (4), Rio Grande do Norte (1), Rio Grande do Sul (8), Santa Catarina (2) e São Paulo (4).
 
O processo de seleção das entidades deste aviso será conduzido pela sede do MiniCom, em Brasília, para onde deverão ser encaminhadas as inscrições e toda a documentação exigida. Este é o quarto aviso de habilitação para rádios comunitárias que o Ministério das Comunicações publica neste ano. Até o fim de 2013 serão mais nove avisos. Clique aqui e veja a lista de cidades contempladas.




0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga