Fim de Expediente - Radio Ideal

19:10 Radio Ideal FM 0 Comentarios


A maior festa brasileira, que atrai olhares de todo o mundo e investimentos milionários, também apresenta impacto direto na redução da informalidade no país. Levantamento do Sebrae mostra que a formalização de Microempreendedores Individuais (MEI) em dez atividades ligadas ao Carnaval foi maior do que a média nas quatro capitais mais beneficiadas pela folia de Momo em 2012. Até novembro de 2012, os segmentos de aluguel de palcos e estruturas, cantor independente, maquiador, ambulantes de alimentação, barraqueiro, marmiteiro, customizador de roupas, costureira, fabricação de calçados e artesão em gesso tiveram crescimento médio de 76% em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Recife. Já o número total de empreendedores autônomos, que faturam até R$ 60 mil por ano, aumentou em média 73% nessas capitais. 

“A folia da informalidade no Carnaval está com os dias contados”, avalia o presidente do Sebrae, Luiz Barretto. “As escolas de samba, que recebem inclusive recursos públicos, preferem contratar profissionais com Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e nota fiscal. Por isso é fundamental a formalização, até mesmo para gerar outras oportunidades de negócios ao longo do ano.”

Fonte: Agência Sebrae de Notícias
Leia a matéria na íntegra: http://www.agenciasebrae.com.br/noticia/19748446/ultimas-noticias/carnaval-incentiva-formalizacao-de-empreendedores/



A Procuradoria-Geral da República de Angola instaurou um processo criminal contra o líder e responsáveis da Igreja Universal do Reino de Deus, na sequência da morte de 16 pessoas por asfixia e esmagamento, em 31 de dezembro passado em Luanda.
Em comunicado de imprensa, a PGR informa que o processo foi aberto depois de ter sido concluído um inquérito, instaurado em 02 de janeiro pelo presidente angolano, José Eduardo dos Santos.
O processo corre sobresponsabilidade da Direção Nacional de Investigação e Ação Penal (DNIAP) da PGR. As atividades da Universal foram suspensas por um período de 60 dias, segundo as conclusões da Comissão de Inquérito (CI) nomeada pela Presidência da República.
A agência Lusa tem repetidamente tentado obter da IURD em Angola um comentário sobre a suspensão decidida pelas autoridades angolanas e agora sobre este processo-crime da PGR mas, até agora, nenhum dirigente se mostrou disponível para falar.
O alvo do processo é a cerimônia denominada "Vigília do Dia do Fim", que concentrou dezenas de milhares de pessoas na Igreja  que ultrapassaram, em muito, a lotação autorizada do Estádio da Cidadela.
A Comissão de Inquérito concluiu ainda que as mortes ocorreram devido à superlotação no interior e exterior do Estádio da Cidadela, causada por "publicidade enganosa".
Dias antes da cerimónia, a Universal espalhou por Luanda publicidade do evento, intitulado "Dia do Fim", na qual convidava todos a "dar um fim a todos os problemas: doença, miséria, desemprego, feitiçaria, inveja, problemas na família, separação e dívidas".
Para a Comissão, esta publicidade criou, no seio dos fiéis, "uma enorme expectativa de verem resolvidos os seus problemas" e, socorrendo-se da legislação em vigor, classifica a difusão do evento como "criminosa e enganosa".
O fato da Universal não ter suspendido a cerimónia, mesmo depois de ter conhecimento da existência de vítimas mortais é outra das matérias que foi contestada pela Comissão.
Paralelamente ao anúncio da suspensão de atividades da Universal, a Comissão de Inquérito anunciou a proibição de quaisquer ações por parte de outras seis igrejas evangélicas, por não estarem legalizadas em Angola.
As seis confissões proibidas de fazer qualquer tipo de atividade são as Igrejas Mundial do Poder de Deus, Mundial do Reino de Deus, Mundial Internacional, Mundial da Promessa de Deus, Mundial Renovada e Igreja Evangélica Pentecostal Nova Jerusalém.

  • Direitos autorais: Creative Commons - CC BY 3.0



Boituva: Prefeito defende contratação de secretários de outras cidades

Marcusso acredita que local de residência não deve interferir nas nomeações

Edson Marcusso (PTB), prefeito de Boituva, acredita que secretarias devem ser comandadas por pessoas competentes, sem se preocupar em qual cidade residem. “Acredito que temos que buscar pessoas especializadas, que tenham propriedade e conhecimento para ocupar o cargo de secretários, independentemente se moram na cidade ou não”. Durante entrevista ao Jornal da Ipanema na manhã desta quarta-feira (6), Marcusso contou que essas escolhas devem melhorar a situação da cidade.
Marcusso conta que decidiu renovar parte da equipe e diminuiu para 12 o número de secretários, que antes eram 18. O prefeito conta que o salário de quem assume uma secretaria é de R$ 6.300,00. “As pessoas que ocupam esses cargos fazem isso porque querem o melhor para a cidade, o salário não é tão bom, elas poderiam ganhar mais se trabalhassem por conta própria.”
O prefeito também fala sobre parcerias com o Governo Federal e lembra que em 2000 foi construída uma escola federal e Boituva era a única cidade da região que conseguiu esse projeto do Governo federal. “Infelizmente Boituva buscou não parcerias com o Governo Federal e agora eu tenho que correr atrás do prejuízo, mas não dá pra resolver problemas de oito anos em um.”
Marcusso fala da programação do carnaval em Boituva e conta que é uma data tradicional na cidade por conta dos eventos de paraquedismo que ocorrem. “Obviamente esse ano nós diminuímos a verba destinada ao carnaval, ano passado foram gastos R$ 250.000,00 e esse ano será somente R$ 100.000,00.”

Campanha alerta para os perigos da mistura entre bebida e direção


Neste verão  o Governo do Espírito Santo, por meio do Departamento Estadual de Trânsito(Detran|ES) e da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), preparou ações e materiais para alertar os motoristas dos perigos da direção sob efeito de álcool.   O programa “Juntos Pela Vida” criou uma ação inovadora que promete animar aspraias e conscientizar os motoristas com muita diversão. Durante as ações do “Salva vidas de Asfalto” os condutores são cercados por socorristas do bem que tem apenas uma missão - Evitar que o motorista faça a escolha errada após a ingestão de bebida alcoólica. As ações ocorrerão de 09 a 12 de fevereiro, em Guarapari, Serra e Vitória.   Os salva vidas ficam próximos aos estacionamentos das praias, em cima de torres de observação e vestidos a caráter, com direito a uniformes, boias e apitos. Sempre que um motorista estiver prestes a entrar no carro, os socorristas descerão da torre em conjunto, correndo e apitando para conscientizá-lo do risco de conduzir um veículo sob o efeito de álcool.   Um dos objetivos é dar uma ajuda à família daqueles condutores que ainda insistem em tomar uma cervejinha após a praia e convencer o motorista a voltar para casa garantindo a sua segurança e a de sua família. A ação faz parte do conjunto de atividades do projeto Arena Capixaba de Verão.   Segundo o diretor do Detran|ES, Fabio Nielsen, o trabalho educativo das equipes de conscientização é importante, sobretudo no verão. “O incentivo às boas práticas no trânsito deve ser feito o ano inteiro, mas o verão é uma época estratégica, com muitas pessoas visitando as praias do Estado”.   Abordadores do Detran|ES também estarão nas praias do projeto distribuindo materiais educativos com mensagens que desestimulam a direção após beber. Foram criados leques dobráveis, garrafinhas, porta-copos e frisbees em formato de uma tampa de garrafa com a frase “Vamos combinar, beber e dirigir não dá”. Equipes de educação de trânsito estão percorrendo as praias para conscientizar os motoristas e distribuir os materiais.    Outdoor   A Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) instalou outdoors nas rodovias estaduais, acima de carros acidentados, para alertar os motoristas dos perigos da direção sob efeito de álcool.   Em um dos cartazes um copo de cerveja está em evidência ao lado da frase “Quem dera se fosse só perder a memória”. Outro modelo de outdoor destaca um copo de whisky e a frase “A primeira dose também pode ser a última”.   Os outdoors foram instalados nos postos localizados na Barra do Jucu e Ponta da Fruta, em Vila Velha; Manguinhos, na Serra; Coqueiral de Aracruz, em Aracruz; Itapemirim, Colatina e Santa Leopoldina.  Aliada à campanha, durante o carnaval, a fiscalização de trânsito será intensificada em todos os postos rodoviários estaduais pela Polícia Militar. A atenção será voltada, especialmente, para as blitze da Lei Seca.   Confira a programação das ações do “Salva vidas de Asfalto”  :   09/02 – Praia do Morro / Guarapari 10/02 – Praia de Jacaraípe / Serra 11/02 – Praia de Camburi / Vitória 12/02- Praia da Areia Preta / Guarapari

“Barriga” de jornalista no Twitter vira caso de polícia

Na manhã dessa terça-feira, 5, o perfil do Twitter mantido pelo jornalista Farid Germano Filho, da Rede Pampa, publicou que o Grêmio tinha contratado o jogador argentino Enrico Cabrito. Horas depois,...Leia Mais

Site apresenta 10 dicas de ferramentas digitais para jornalistas

Foi como editor-chefe de um jornal de grande cidade que Eric Newton aprendeu sobre a psicologia de jornalismo. O americano, em texto para o Knight Foundation, explica como é o comportamento dos profissionais...Leia Mais

Quer criar uma rádio comunitária? Ministério das Comunicações abre seleção e explica as regras

Pelo menos quatro estados (Bahia, Maranhão, Pernambuco e Rio Grande do Norte) vão ganhar rádios comunitárias. Os interessados em montar essas emissoras já podem consultar as regras, divulgadas pelo...Leia Mais

Paulo Moreira Leite apresenta "a outra história do mensalão" em livro

Apagão no Super Bowl reforça criatividade de agências nas redes sociais

José Dirceu diz que PT é “cerceado” pela imprensa

Com categorias dedicadas ao Jornalismo, Prêmio Etanol tem inscrições abertas até o dia 22

0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga