Fim de Expediente Ideal Fm

11:58 Radio Ideal FM 0 Comentarios



Não é só no Brasil que o futuro do rádio AM está em discussão. As emissoras de Ondas Médias dos Estados Unidos também encaram os novos desafios e oportunidades para a sua reinvenção. E com isso, esse será um dos temas debatidos no NAB Show 2013, que acontece entre os dias 6 a 11 de abril, em Las Vegas. O evento é o maior em tecnologia de broadcast e mídia eletrônica do mundo.
Para moderar o painel sobre o assunto, com especialistas e engenheiros do setor, a Associação Nacional dos Radiodifusores (NAB, na sigla em inglês) convidou um representante da FCC, órgão que regula as telecomunicações no país. Estudioso sobre o futuro do Rádio AM, Ajit V. Pai, abordará as opções possíveis para manter e melhorar as emissoras de Ondas Médias.  São esperados pelos organizadores do evento mais de 90 mil participantes de 151 países e certa de 1,6 mil expositores.
 
Entidades voltadas ao rádio e televisão no Brasil estão organizando delegações e dando descontos para radiodifusores que desejam participar da feira. A Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) disponibilizou um banner eletrônico em seu site para facilitar aos radiodifusores o acesso à página eletrônica do evento.
 
A Associação Internacional de Radiodifusão (AIR) está organizando uma delegação de radiodifusores para o NAB Show. Associados à Abert/AIR interessados em participar do evento terão condições especiais, como entrada gratuita na Expo NAB Show e desconto na inscrição para o programa de conferências (veja aqui).
 
A Associação das Emissoras de Rádio e TV do Estado de São Paulo (Aesp) também oferece um pacote especial de descontos e vantagens para a NAB Show. A associação está organizando, paralelamente à programação oficial, eventos só para convidados, com oportunidades de contatos que podem concretizar e impulsionar seus negócios.
 
O NAB Show é um evento que transcende a radiodifusão tradicional e apresenta opções de produtos e serviços para entrega de conteúdo a novas telas e de novas maneiras. Suas conferências, feiras, palestras e painéis são dedicados ao assuntos relacionados a desenvolvimento, gerenciamento, produção e entrega de conteúdo em todas as mídias. O evento é promovido pela NAB, associação que representa as emissoras de rádio e TV nos Estados Unidos.
 
Com informações da assessoria de Comunicação da Abert

Uma notícia importante para o mercado de rádio FM de São PauloWagner Mendes, um dos principais nomes do rádio paulistano, assume a direção artística da Tupi FM 104.1. O profissional ocupará o cargo que nos últimos anos foi de Enio Roberto Silvério, outro importante nome do rádio de São Paulo e que deixou a emissora conforme noticiado anteriormente pelo Tudo Rádio (clique aqui e saiba mais). Wagner Mendes terá a missão de manter a audiência da Tupi FM em alta, além da complicada tarefa de reposicionar a FM na primeira colocação geral de audiência na capital paulista (posição que a FM disputa com rádios como Nativa FM 95.3 eTranscontinental FM 104.7).
Wagner Mendes já dirigiu artisticamente a Tupi FM. No final dos anos 90 o profissional foi responsável por tirar a emissora de uma incomoda 19ª colocação de audiência e posicionou a rádio entre as cinco mais ouvidas de São Paulo, crescimento registrado em apenas seis meses de trabalhos na época. Na sequência a Tupi FM assumiu pela primeira vez a liderança geral de audiência, situação observada em 2000 através da pesquisa geral realizada pelo Instituto Ibope. A partir desse ponto a Tupi FM se consolidou como uma das principais forças de audiência do rádio de São Paulo, posição mantida até hoje pela FM (também com base nas pesquisas realizadas pelo Instituto Ibope).
 
Recentemente Wagner Medes reposicionou o projeto artístico da Disney FM 91.3 no mercado de São Paulo. O profissional realinhou a rádio para uma linha mais voltada ao chamado “segmento jovem/pop”, também explorado por rádios como Mix FM 106.3, Metropolitana FM 98.5, Jovem Pan FM 100.9, Transamérica FM 100.1 e 89 FM 89.1 (até dezembro de 2012). O resultado foi uma melhora nos números da estação, rádio que apresentou crescimentos seguidos nas pesquisas divulgadas pelo Instituto Ibope no último trimestre de 2012. No chamado ranking comercial (06h-19h, segunda a sexta) a Disney FM já aparece mais próxima da Transamérica, próxima colocada na disputa direta pelo público jovem. 
 
Desde a sua saída da Tupi FM em 2007, Mendes esteve à frente do projeto artístico da Tropical FM 107.9, também de São Paulo. Pela Tupi FM o radialista deixou a FM em primeiro lugar geral por mais de dois anos. Como empresário artístico o profissional foi responsável por lançar nacionalmente a dupla sertaneja Edson e Hudson.

Transamérica FM 100.1 de São Paulo iniciou a semana com mudanças em sua grade de programação. A rádio alterou o horário de vários de locutores e também o formato de alguns programas. A emissora, que já foi líder de audiência na década de 90, hoje aparece na vigésima posição, de acordo com o resultado da pesquisa de audiência divulgado pelo Ibope no mês de janeiro.
Entre as atrações que tiveram mudanças está o programa “Dois em Um”. A atração comandada por Gislaine Martins e Ricardo Sam, de segunda a sexta-feira, das 8h às 10h, em rede nacional, passa a contar com os assuntos que estão sendo comentados na internet e no mundo do entretenimento. Entre as novidades está o quadro “Bombou na Web” com as questões que estão em evidência nas redes sociais e em portais da internet.
 
A cada dia da semana, são abordados temas diferentes, com convidados especiais e participações de ouvintes por email (doisemum@transanet.com.br), telefone (0300 789 1001) e dos canais facebook.com/transamericapop e twitter.com/programa2em1. O programa conta com a colaboração mensal da sexóloga Carla Cecarello e do consultor financeiro Gustavo Cerbasi.
 
Apesar da posição do ranking na capital paulista, a Rede Transamérica contou com uma boa expansão no ano passado. Em 2012 a Transamérica comemorou a retomada de sua expansão como rede nacional. Sem apresentar novidades na sua lista de emissoras desde 2008, a portadora jovem da marca chegou a duas novas capitais e mais um grande centro regional em 2012. 
 
Juntaram-se à rede paulistana as rádios Transamérica FM 95.1 de Manaus (uma dos maiores centros populacionais do país), Transamérica FM 94.5 de Macapá (marcando o retorno de uma afiliada que participou da rede jovem no final dos anos 90) e Transamérica FM 93.3 de Uberaba (também sendo um retorno, já que a Transamérica já trabalhou em Uberaba entre 1994 e 1995).

O radialista Santo Beluci, de 70 anos, foi atropelado no final da tarde da última terça-feira, dia 5, na marginal da rodovia Washington Luis, em São José do Rio Preto. O profissional sofreu fratura no quadril e escoriações nos braços e pernas. Ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Base de Rio de Preto, pois seu quadro de saúde inspira cuidados.
De acordo com o filho do radialista, o também locutor, Sandro Beluci, o pai não está entubado e terá de ficar em observação por 48 horas. "Ele está consciente. Estamos esperando para saber se terá de passar por cirurgia no quadril", afirmou ao site Diarioweb.
 
Santo Beluci é locutor há mais de 20 anos na FM Diário FM 89.9 de São José do Rio Preto. Ele é apresentador do programa “Onde canta o Bem te Vi”, transmitido de segunda á sexta-feira, das 8h às 10h. Uma mulher avançou o sinal vermelho e não o viu atravessando a rua. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao hospital.
 
Segundo as informações, o radialista foi atropelado enquanto fazia caminhada pelo local. Uma mulher teria avançado o sinal vermelho e não o viu atravessando a rua. Não há informações se a motorista permaneceu no local.
 
Colaboração Marcelo Cabrelli


O açougueiro Marcos Vinícius Pereira Xavier, conhecido como Marquinhos,e suspeito de ser o executor do cronista esportivo Valério Luiz da rádio Jornal AM 820 deGoiânia, mudou nesta quarta-feira a versão sobre a participação dele no crime, que aconteceu em 5 de julho do ano passado, em na capital de Goiás. No novo depoimento à Polícia Civil, que durou quase 4h, ele afirma que quem matou o radialista foi um cabo da Polícia Militar, e não ele, como havia declarado na última sexta-feira.
O policial apontado pelo açougueiro como executor do crime já está preso por participar de uma chacina em novembro de 2011 no Jardim Olímpico, em Aparecida de Goiânia. Na ocasião, seis pessoas foram assassinadas, dentre elas a menina Izadora, de 4 anos. A titular da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios, Adriana Ribeiro, deve ouvir o cabo ainda nesta quinta-feira.
 
“Estou colaborando 100% com as investigações. Tudo que eu sabia eu já falei. Eu já confirmei que participei do crime, mas não atirei no Valério Luiz”, ressaltou Marquinhos em entrevista coletiva. Adriana Ribeiro contou que o suspeito foi visitado por vários advogados. “Ele recebeu a visita de cinco ou seis advogados que ele nem sabe o nome. A pressão para mudar a versão apresentada é grande”, disse a delegada.
 
O pai de Valério Luiz, Manoel de Oliveira, concorda que o açougueiro esteja sofrendo muita pressão. "Tenho certeza absoluta que ele participou do crime", afirmou o radialista. "Será uma grande surpresa se não foi ele o executor", completou o pai da vítima.
 
Marcos Vinícius foi detido na última sexta-feira com outros dois suspeitos, o responsável por contratar a morte de Valério Luiz e um policial militar que estaria atrapalhando as investigações. No sábado (2), o empresário e ex-dirigente do Atlético Clube Goianiense, Maurício Sampaio, também foi preso. O então executor confesso do radialista tinha afirmado em depoimento que o empresário foi o mandante do crime, versão sustentada por ele no novo interrogatório.
 
O radialista Valério Luiz, de 49 anos, foi assassinado há sete meses, em 5 de julho do ano passado, quando saía da rádio, no Setor Serrinha, em Goiânia. Segundo as investigações, uma moto se aproximou e disparou vários tiros contra a vítima. A Polícia Civil acredita que a morte do radialista esteja relacionada às críticas que ele fazia ao Atlético-GO, principalmente as direcionadas ao então vice-presidente do clube, Maurício Sampaio. Por causa delas, em meados de junho a direção do time encaminhou uma carta às emissoras em que Valério trabalhava, a rádio Jornal e a PUC TV, proibindo a entrada de equipes de reportagem nas dependências do clube rubro-negro.
 
Com informações do G1

Saiu ontem (7 de fevereiro) o resultado de audiência mais aguardado do mercado radiofônico nacional. O Instituto Ibope liberou o segundo resultado geral da audiência FM na capital e região metropolitana (abrange os dois últimos meses de 2012 e o primeiro de 2013) e os números foram consideravelmente positivos para o meio FM, diferente do que aconteceu no último trimestre de 2012. O rádio paulistano se recupera e aponta vários destaques nessa medição. Acompanhe a pesquisa atual (novembro/2012 a janeiro/2013) que será confrontada com a anterior (outubro a dezembro/2012), período 05h-00h (todos os dias e locais).
Cada vez mais líder e quebrando recordes. Essa é uma afirmação que cabe no atual desempenho da Transcontinental FM 104.7 de Mogi das Cruzes. Além de manter a primeira colocação geral em suas mãos, a 104.7 FM também tem quebrado alguns recordes de audiência em São Paulo. Na atual medição a Transcontinental cravou mais de 230 mil ouvintes na média por minuto (05h-00h, todos os dias e locais), além de ampliar a distancia para suas concorrentes diretas. No período comercial (06h-19h, segunda a sexta) a média também é impressionante: mais de 318 mil ouvintes por minuto. A segunda colocada também não faz feio: a Nativa FM 95.3 apresentou números próximos da medição passada e segue próxima da marca de 210 mil ouvintes por minuto no 05h-00h. 
 
Mais destaques: outra emissora que segue evoluindo em São Paulo é a Band FM 96.1. A rádio continua na quarta colocação geral e ampliou sua média de audiência em relação à medição anterior, fato que aproximou um pouco mais a 96.1 FM da terceira colocada (a Tupi FM 104.1). Esse é o melhor resultado da Band FM desde o período que a FM realizou sua retomada no gênero popular, ocorrida em 2008. Já a Tupi FM vive a expectativa de uma nova fase através de sua nova direção artística (Wagner Mendes assume hoje a FM, conforme noticiado ontem pelo Tudo Rádio - clique aqui). A Gazeta FM 88.1 também melhorou seus números e contou com um recuo da 105 FM 105.1 de Jundiaí, situação que inverteu as posições dessas duas FMs no ranking 05h-00h (todos os dias e locais). 
 
Mix FM 106.3, emissora líder no segmento jovem/pop desde 2006, voltou a ser um dos destaques da medição. Após apresentar recuos no ranking de audiência a emissora jovem voltou a crescer em São Paulo. Na atual medição o avanço da Mix foi considerável e reposicionou a 106.3 FM na sétima colocação no período 05h-00h (todos os dias e locais), resultado bem superior à nona posição obtida pela Mix nas pesquisas anteriores. No segmento jovem a Mix também conta com a ampliação de sua vantagem perante as concorrentes diretas, principalmente pelo fato da 89.1 FM (rádio que estava mais próxima da 106.3 FM na medição) ter mudado a orientação de seu projeto. Vida FM 96.5 (líder no segmento gospel) aparece na sequência do ranking apresentando uma média próxima da cravada na pesquisa passada.
 
Mais novidades: a UOL 89 A Rádio Rock FM 89.1 aparece em nono lugar geral. O resultado foi obtido após um crescimento expressivo no ranking de São Paulo, saltando de 73 mil para 87 mil ouvintes por minuto no período 05h-00h (todos os dias e locais). Esses números representam dois meses da 89.1 FM como rádio jovem/pop (novembro e dezembro) e um pouco mais de 1 mês como “rádio rock”. É possível considerar que os números da 89 cresceram pela reação que a rádio estava apresentando dentro do segmento jovem/pop (seguindo a Mix nessa evolução) somado ao “barulho” feito pela volta do projeto 89 A Rádio Rock, além dessa nova fase atrair um novo público. 
 
A 89 terá um resultado de audiência integral do seu novo projeto em abril desse ano, porém os novos números já dão um novo fôlego ao canal. O assunto “volta da Rádio Rock” obteve uma considerável repercussão em São Paulo, fato que contribui com a lembrança da rádio nas medições de audiência. Outra situação que reforça a hipótese de um crescimento conjunto de dois gêneros nos números da 89 FM foi o avanço da Kiss FM 102.1 na pesquisa (rádio que não teve sua média diminuída com o aumento na concorrência direta pelo seu público) e os recuos apresentados pelas jovens Metropolitana FM 98.5 eJovem Pan FM 100.9 (que perseguiam a 89 FM “pop” dirigida por Wagner Rocha). 
 
Mais destaques: a Antena 1 FM 94.7 foi outra emissora que apresentou uma melhora em seus números e ganhou a posição que era da Nova Brasil FM 89.7 no período 05h-00h (todos os dias e locais). A diferença entre essas duas rádios é mínima, emissoras que assim como a líder Alpha FM 101.7, observam um aumento da concorrência no gênero adulto-contemporâneo devido o surgimento de novas FMs que atuam voltadas a esse público (clique aqui e saiba mais). A atual líder nesse segmento (a Alpha FM) apresentou um ligeiro recuo em sua média, porém segue tranquila em relação às suas concorrentes diretas.
 
O atual resultado também apontou uma melhora considerável na média de audiência da Energia 97 FM 97.7, além de ampliações nas médias de rádios como BandNews FM 96.9 (avançou de forma expressiva no ranking geral), Rádio Disney FM 91.3, Cultura FM 103.3, Iguatemi Prime FM 92.5 e Estadão ESPN FM 92.9 (essas duas últimas apresentaram suas melhores médias desde que estrearam em São Paulo).
 
Posição atual - Posição anterior - Emissora * 
05h-00h, todos os dias e locais – Instituto Ibope
 
01 - 01 - Transcontinental FM 104.7
02 - 02 - Nativa FM 95.3
03 - 03 - Tupi FM 104.1
04 - 04 - Band FM 96.1
05 - 06 - Gazeta FM 88.1
06 - 05 - 105 FM 105.1
07 - 09 - Mix FM 106.3
08 - 07 - Vida FM 96.5
09 - 10 – UOL 89 A Rádio Rock FM 89.1
10 - 08 - Alpha FM 101.7
11 - 11 - Kiss FM 102.1
12 - 14 - Antena 1 FM 94.7
13 - 12 - Nova Brasil FM 89.7
14 - 13 - Metropolitana FM 98.5
15 - 16 - Gospel FM 90.1
16 - 15 - Jovem Pan FM 100.9
17 - 17 - Tropical FM 107.9
18 - 19 - CBN FM 90.5
19 - 21 - Energia 97 FM 97.7
20 - 18 - Imprensa FM 102.5
21 - 20 - Transamérica FM 100.1
22 - 22 - Musical FM 105.7
23 - 26 - BandNews FM 96.9
24 - 23 - Rede Aleluia FM 99.3
25 - 25 - Rádio Disney FM 91.3
26 - 24 - Rádio Bandeirantes FM 90.9
27 - 27 - Mundial FM 95.7
28 - 29 - Cultura FM 103.3
29 - 28 - Eldorado FM 107.3
30 - 31 - SulAmérica Trânsito FM 92.1
31 - 33 - Iguatemi Prime FM 92.5
32 - 32 - Estadão ESPN FM 92.9
33 - 30 - Nossa Rádio FM 106.9
34 - 34 - Terra FM 100.3
35 - 35 - USP FM 93.7
36 - 36 - Super Rádio Tupi FM (estava em 102.9 FM)
37 - 37 - Scalla FM (também estava em 102.9 FM)
38 - 38 – Bradesco Esportes FM 94.1 
 
* Posição atual (Novembro/2012 a Janeiro/2013) - Posição anterior (Outubro a dezembro/2012) / todos os dias e locais, 05h-00h  


O Ministério das Comunicações multou 33 emissoras de rádio em nove estados – Bahia, Ceará, Minas Gerais, Mato Grosso, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. As sanções foram publicadas no Diário Oficial da União da última sexta-feira, dia 1º. A maior parte das multas  - 21 no total -  foi aplicada a rádios gerenciadas por associações comunitárias. Dessas, 16 estão localizadas no Rio Grande do Sul e sequer possuem outorga.  As outras cinco receberam multa por veiculação de publicidade comercial.
De acordo com a Lei Geral de Telecomunicações, além de ser passível de multa, é considerado crime operar em radiodifusão sem outorga, em qualquer potência, com pena de um a dois anos de prisão, aumentada a metade se houver dano a terceiros. A legislação também proíbe que serviços de radiodifusão comunitária explorem atividades comerciais. 
 
Outras 12 multadas são emissoras comerciais, distribuídas entre FM (7) e AM (4) e apenas uma é rádio educativa. O não cumprimento de regras de propaganda eleitoral e a não veiculação do programa A Voz do Brasil estão entre os motivos das sanções. Os valores das multas variam de R$ 400,00 a R$ 26.122,40.
 
Assessoria de Comunicação da Abert


Conforme antecipado com exclusividade pelo Tudo Rádio no final de janeiro, a Band FM 106.7 será uma das novidades no mercado de Campinas a partir desse mês. A nova FM ligada à marca “Band FM” será uma espécie de “braço direito” do projeto encabeçado pela Band FM 96.1 de São Paulo. E a nova FM já tem data de estréia confirmada no mercado campineiro: 19 de fevereiro. O Grupo Bandeirantes de Comunicação já treina a sua equipe em sua sede regional em Campinas e prepara a divulgação da nova rádio, materiais que ficarão públicos nos próximos dias.
A futura Band FM 106.7 de Campinas contará com Alexandre Cardoso (Xandoca) e Rick Dias como seus primeiros locutores, profissionais que passaram recentemente por um treinamento na sede da Band FM de São Paulo. A página da emissora na rede social Facebook já está ativa (http://www.facebook.com/bandfmcampinas1067) e já atua com promoções para os ouvintes que curtem a página. O portal da emissora na internet está em desenvolvimento e os demais integrantes da equipe já está em treinamento no estúdio local. A Band FM também já marcou a festa de lançamento para o mercado publicitário de Campinas, no dia 13 de março. E no dia 14 do próximo mês a rádio divulga e sorteia ingressos de um show da dupla sertaneja Munhoz e Mariano. 
 
A intenção segundo o Grupo Bandeirantes de Comunicação é que a futura Band FM 106.7 figure em breve entre as estações mais ouvidas da região já nos próximos anos, aproveitando que a marca passará a ter a seu favor uma FM sediada em Campinas, diferente do que ocorre com a atual afiliada da Band FM em 99.7 FM, que possui seu sistema irradiante instalado na região de Amparo (emissora que ficou afiliada à rede paulista desde 1997 após substituir a Transamérica na frequência). A 106.7 FM de Campinas será a segunda emissora própria do Grupo Bandeirantes a abrigar o projeto Band FM, situação observada apenas na FM da capital paulista (as demais emissoras da rede são afiliadas).
 
Visando um aumento da participação na audiência FM local, o Grupo Bandeirantes de Comunicação irá optar por uma emissora própria da Band FM em 106.7, assim como já realiza em Campinas com a Nativa FM 89.3(no ar desde 2010, emissora que obteve um rápido crescimento de audiência local e um retorno comercial considerado positivo para o mercado local). O grupo conta também com outra FM na cidade: a local e atual líder geral Educadora FM 91.7 (voltada ao segmento jovem/pop), segundo dados da pesquisa realizada pelo Instituto Ibope, além da jornalística Rádio Bandeirantes AM 1170.
 
Mais emissoras em Campinas
 
Outra novidade na região é o surgimento da 94.7 FM de Santa Bárbara d’Oeste, cidade localizada na região metropolitana de Campinas. Trata-se de uma nova concessão de classe C (baixa potência – clique aqui e entenda essa classificação) e que já possui uma cobertura de sinal parcial em cidades como Campinas, Piracicaba, Limeira, Americana, entre outras. Outro fato curioso sobre essa nova FM comercial que opera em caráter experimental é a proximidade da sintonia 94.7 FM em relação à Educativa FM 94.5 de Jaguariúna, cidade que também pertence à Grande Campinas.
 
Clique aqui para ver e ouvir a lista de FMs sintonizadas hoje na Grande Campinas e região

O deputado federal Wellington Fagundes (PR-MT) apresentou um Projeto de Lei que propõe mais rapidez na concessão de outorgas. O documento estabelece um prazo de 180 dias para que o Ministério das Comunicações analise pedidos de outorgas de rádio. Ele acredita que este prazo é suficiente para um estudo de viabilidade técnica e econômica por parte do Ministério.
Pela proposta, não havendo manifestação do Ministério dentro desse prazo, o estudo será automaticamente aprovado. Ao apresentar o projeto, Fagundes citou estudo da Abert que aponta que 24% dos municípios brasileiros não contam com nenhum tipo de serviço de radiodifusão sonora, seja comercial ou comunitária. 
 
O projeto tramita em caráter conclusivo, ou seja, não precisa passar pelo plenário. Ele será analisado pelas comissões de Ciência e Tecnologia e de Constituição e Justiça. Em entrevista ao site da Abert, o deputado explicou que o projeto visa alterar duas leis, uma de 1998 e outra de 1962. Segundo ele, a tecnologia avançou muito no mundo inteiro. 
 
Segundo Fagundes, a intenção é agilizar o processo para concessão. “Hoje montar uma rádio é uma coisa bastante simples com um custo não tão alto.  E não permitir que uma comunidade ou uma pequena cidade tenha pelo menos uma rádio é um absurdo. Ou seja, precisamos agilizar o processo de concessão de rádio, principalmente em cidades pequenas. Com isso, vamos encorajar os interessados em executar serviços de rádio a manifestar esse desejo junto ao Poder Executivo”, afirmou.
 
Pela proposta, o Minicom terá 180 dias para fazer a análise do pedido “Se o Ministério não se manifestar em 180 dias, fica automaticamente definida a aprovação daquele pedido, e o Ministério teria mais 90 dias para aprovar a licitação. Não podemos esperar mais de dois ou três anos para a análise de um pedido de outorga”, ressaltou o deputado.
 
Com informações da assessoria de imprensa da Abert

A Câmara dos Deputados elegeu ontem o seu novo presidente. O deputado Henrique Alves (PMDB-RN) foi eleito para o comando do Legislativo com 271 votos e venceu a disputa que teve outros três concorrentes. Já o ex-presidente, Marco Maia (PT-RS), deixou a presidência sem cumprir a promessa de colocar na pauta de votação, o projeto que flexibiliza a transmissão da Voz do Brasil.
A promessa do petista foi feita diretamente aos radiodifusores durante a realização do 26º Congresso Brasileiro de Radiodifusão. Na ocasião, Marco Maia havia se comprometido com os centenas de radiodifusores de incluir a proposta na pauta de votação ainda em julho do ano passado. De autoria da deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), o PL 595/03 autoriza a transmissão do programa com início entre 19h e 22h. 
 
O texto ainda mantém o horário atual para as emissoras públicas. A proposta é um antigo pleito do setor e se encontra no plenário da Casa desde agosto de 2011, quando foi apreciada na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJC). Desde 2003, ano em que foi apresentado pela primeira vez, tramitou em cinco comissões da Câmara e do Senado.
 
Dias depois da promessa feita pelo deputado Marco Maia, outro deputado petista se mostrou contrário à votação. O deputado Jilmar Tatto, usou de tom irônico para solicitar o adiamento da votação do projeto que flexibiliza o horário da transmissão do programa Voz do Brasil. Além disso, o deputado federal foi contra a iniciativa do presidente da Câmara – e seu colega de partido -, o deputado Marco Maia, que havia dado sua palavra aos radiodifusores presentes ao 26º Congresso Brasileiro de Radiodifusão, de que o projeto seria votado.
 
Em tom irônico, Jilmar Tatto afirmou à época que o PT não é contra o projeto e que o partido vai discuti-lo. Ele mesmo afirmou ser contra o projeto e orientou quem não quisesse ouvir o programa, que “botasse um CD ou MP3”. Ele afirmou ainda que “pobre gosta de ouvir” e que os radiodifusores querem ganhar dinheiro durante o horário. “Querem o horário nobre para ganhar dinheiro com publicidade? Dezoito milhões de pessoas ouvem a Voz do Brasil. Por que flexibilizar? Flexibilizar é para acabar”, ironizou o deputado, justificando que deputados de outros partidos também são contra a mudança.
 
A expectativa agora é que com o novo presidente, o projeto que flexibiliza a transmissão da Voz do Brasil seja colocado em pauta para a apreciação dos deputados. O projeto tem apoio da Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) e também da Associação das Emissoras de Rádio e TV do Estado de São Paulo (Aesp), que mantém uma campanha junto às emissoras associadas. Vários políticos também apóiam a flexibilização, entre eles o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

A rádio Interativa FM 87.9 de Buritis, cidade que fica no interior de Rondônia, foi alvo de um atentado a bala na noite deste sábado, dia 2. O fato ocorreu por volta das 20h, a polícia chegou a ser acionada por testemunhas que ouviram os disparos, mas nenhum suspeito foi encontrado. Horas após o ocorrido um dos funcionários da rádio constatou que os tiros haviam sido em direção ao prédio da rádio, atingindo uma grade, parede, e o gramado.
Segundo informações do site Buritis Online, a polícia esteve no local e recolheu projéteis e seis cápsulas de pistola calibre 9mm, calibre de uso restrito. A região de Buritis tem sido palco de crimes graves, em abril do ano passado houve uma chacina onde foram mortos seis pessoas entres as vítimas dois agentes da lei. A imprensa em geral, sites, TVs, jornais e rádios através de informações dos veículos locais deram amplo destaque ao fato. 
 
O diretor da emissora comunitária, Edson Nascimento, afirmou que não é a primeira vez que a emissora é vítima de atentado. Em outra ação no ano passado, uma pessoa teria cortado parte dos fios da transmissão. Edson compareceu na manhã do domingo na Delegacia de Polícia Civil onde registrou os fatos e agora aguarda as providencias da Justiça.
 
De acordo com as informações, os tiros atingiram a sede da emissora, como algumas paredes e o portão. Ninguém ficou ferido no atentado e, segundo o site, a polícia trabalha com a hipótese de que os disparos foram feitos por uma pessoa que passou pelo local de moto

O Ministério das Comunicações publicou, nesta segunda-feira, um novo aviso de habilitação para levar rádios comunitárias a municípios que ainda não têm nenhuma emissora desse tipo. A seleção abrange 40 localidades da Bahia (28), Maranhão (8), Pernambuco (3) e Rio Grande do Norte (1). Os interessados em montar uma rádio nesses municípios têm 60 dias para se inscrever.
O coordenador-geral de Radiodifusão Comunitária do Ministério das Comunicações, Samir Nobre, ressalta que todo o processo de seleção será conduzido pela Delegacia Regional do MiniCom em São Paulo, para onde deverão ser encaminhadas as inscrições. “A documentação encaminhada para a sede do ministério em Brasília ou para outra delegacia regional que não seja a de São Paulo não será recebida. As entidades interessadas em prestar o serviço devem ficar atentas, sob o risco de não serem habilitadas no aviso”, explica o coordenador.
 
O formulário de inscrição pode ser obtido tanto no site do Ministério das Comunicações quanto diretamente na Delegacia Regional do MiniCom em São Paulo. O pagamento da taxa de cadastramento deverá ser feito em qualquer agência do Banco do Brasil. O aviso de habilitação explica o procedimento que deve ser adotado por clientes e também para quem não possui conta no Banco do Brasil. 
 
Neste ano, o Ministério das Comunicações vai lançar mais 11 avisos de habilitação para rádios comunitárias. As seleções serão destinadas tanto a municípios que ainda não possuem nenhuma emissora quanto àquelas cidades que já contam com uma rádio comunitária, mas que demonstraram interesse formalmente por novas outorgas. 
 
Em 2012, foram 719 municípios contemplados e neste ano serão mais 706 cidades. O objetivo do MiniCom é dar condições para que todos os municípios brasileiros tenham pelo menos uma rádio comunitária funcionando até o fim de 2013.
 
Confira aqui a lista dos municípios contemplados e a documentação necessária para participar do aviso de habilitação

O Instituto Ibope Media divulgou um levantamento realizado pelo Monitor Evolution em que aponta um crescimento de 7% em 2012 nos investimentos em mídia no Brasil em relação a 2011. Segundo o levantamento, o total investido nos veículos foi de quase R$ 95 bilhões. O serviço monitora mensalmente os investimentos dos anunciantes, agências e as categorias de produtos veiculados nos principais meios de comunicação.
O estudo, que é realizado em nove meios, tem como base a tabela de preços dos veículos. Em 2011, o aumento foi de 16%. “O aumento registrado em 2012 ficou de acordo com a economia do país”, diz Dora Câmara, diretora regional Brasil do IBOPE Media.
 
O meio TV aberta é, novamente, o que recebe o maior volume de publicidade. Apesar do crescimento de 11% nos investimentos, que passam de R$ 46,3 bilhões em 2011 para R$ 51,2 bilhões, a participação do meio é praticamente a mesma, passou de 53% para 54%. 
 
A Internet, que também aumentou sua participação chegando a 7%, teve um crescimento de 21%, passando de R$ 5,3 bilhões para R$ 6,5 bilhões. Entre os mercados monitorados, mais uma vez, São Paulo foi a cidade que concentrou o maior volume de investimento publicitário, com R$ 26,5 bilhões.
 
O meio rádio manteve a mesma participação obtida em 2011, tendo 4% do bolo total. Porém, o crescimento percentual do rádio foi maior que o da TV Aberta. As rádios tiveram um crescimento de 15% em 2012 em relação ao ano anterior, o que significa o praticamente o dobro da média.

MEC FM 98.9 do Rio de Janeiro, emissora controlada pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC), fechou uma parceria com a Cultura FM 103.3 de São Paulopara a transmissão da série "Concertos Internacionais". A apresentação da Orquestra Filarmônica de Berlim, sob a regência de Sir Simon Rattle, marca a estreia da série, no dia 3 de fevereiro, às 17h45. Os concertos pertencem ao acervo da European Broadcast Union (EBU) e foram gravados ao vivo no ano de 2012, nas mais renomadas salas mundo afora.
As exibições fazem parte da programação das comemorações dos 30 anos de existência da emissora, que será em maio. A série vai permitir ao público ouvir renomados solistas, duos, trios, quartetos e as grandes formações sinfônicas. São apresentações como as do Quarteto de Cordas Borodin, da Orquestra Filarmônica de Nova York, da pianista Martha Argerich e de outros importantes conjuntos, músicos e regentes. Além da estreia, mais três concertos da Orquestra Filarmônica de Berlim vão ao ar nos dias 10, 17 e 24 de fevereiro, sempre aos domingos, após o programa Ópera Completa. 
 
Esta primeira fase da série é composta de 47 apresentações inéditas, selecionadas entre as mais de 500 que são gravadas anualmente pela European Broadcast Union, que tem entre suas afiliadas as rádios públicas da Europa que costumam apresentar, em suas programações, o repertório da música clássica. A associação, criada em 1950, reúne mais de 100 rádios e promove a cooperação entre os produtores, facilitando o intercâmbio de conteúdo audiovisual.


Polícia Militar de Minas Gerais fechou uma rádio clandestina durante operação contra o tráfico de drogas no Aglomerado da Serra, na região centro-sul de Belo Horizonte nesta quarta-feira. Há cerca de duas semanas a polícia procurava o local de funcionamento da rádio, conhecida como “Voz da Periferia”, e operava na frequência FM 99.6. A PM apreendeu equipamentos, mas ninguém foi preso no local.
Segundo a polícia, durante uma operação de combate a crimes violentos, três homens saíram de uma casa e fugiram pelo Parque das Mangabeiras. Após os policiais realizarem um cerco na residência, um homem se apresentou aos policiais como dono do lote, e explicou que alugava o local. 
 
Com a autorização do dono, a polícia entrou na casa, onde não havia ninguém,  e constatou o funcionamento da rádio. Ainda de acordo com a corporação, o suspeito que seria responsável pelo sistema de comunicação já tem passagem pela polícia por envolvimento em outras rádios clandestinas e roubo. 
 
Segundo a PM, testemunhas informaram que a rádio é patrocinada pelo tráfico de drogas, e é bastante conhecida na região por organizar e anunciar eventos realizados no aglomerado, além de informar aos ouvintes, por meio de códigos, sobre presença da polícia na favela. A PM contou que a Polícia Civil foi ao local para realizar a perícia. 
 
O caso também vai ser encaminhado para a Polícia Federal e para a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Os equipamentos e o material encontrado na casa foram apreendidos. Por volta das 18h, os três suspeitos de envolvimento com a rádio clandestina não haviam sido localizados.
 
Com informações do G1

A 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul condenou a rádioCidade FM 92.1 de Porto Alegre e o Teresópolis Tênis Clube a indenizarem um jovem que foi vítima de disparo de arma de fogo durante um evento que teria sido realizado pela emissora. De acordo com o site Âmbito Jurídico, a rádio e o clube foram condenados a pagar de forma solidária a indenização de R$ 10 mil.
Segundo as informações, o autor da ação estava em um baile funk no Clube Teresópolis, promovido pela rádio Cidade. Segundo ele, uma briga teria sido iniciada por terceiros, o que resultou em um disparo de arma de fogo que o atingiu no pescoço, gerando lesões irreversíveis, com perda de movimento e sensibilidade na mão.
 
A vítima ingressou na Justiça solicitando pagamento de pensão e indenização por danos morais à rádio e ao clube onde aconteceu a festa. O caso foi julgado na 17ª Vara Cível do Foro Central. O juiz Sandro Silva Sanchotene negou o pedido, considerando que as provas apresentadas e os depoimentos das testemunhas não configuraram os comportamentos ilícitos das rés.
 
A vítima recorreu ao Tribunal de Justiça gaúcho, que reverteu a decisão de 1º Grau e responsabilizou o clube e a emissora. O recurso foi julgado pela 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, que estabeleceu a condenação por danos morais em R$ 10 mil. De acordo com a desembargadora Marilene Bonzanini, trata-se de “violação a direitos básicos de segurança da parte autora, em violação ao disposto no Código de Defesa do Consumidor”.
 
Em relação ao Teresópolis Tênis Clube, a julgadora analisou que a festa ocorreu em suas dependências, com proveito econômico pela locação, de onde decorre a responsabilidade pelo evento. Ela acrescentou ainda que a frequência com que o clube realiza festas revela experiência e conhecimento sobre a necessidade de boa segurança.
 
Já sobre a rádio, a desembargadora ressaltou que foi a promotora do evento, usando seu nome perante os ouvintes para obtenção do sucesso comercial da festa, no que atrai para si a responsabilidade pelo ocorrido. Os danos morais ficaram caracterizados pelo choque no momento em que a vítima foi atingida, e a sequela que resultou do tiro, com perda de movimento e sensibilidade na mão, incapacitando para determinadas atividades.
 
O voto foi acompanhado pelo desembargador Leonel Pires Ohlweiler, ficando vencida a relatora, desembargadora Iris Helena Medeiros Nogueira.






0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga