FICAR PARADO NA CAMA TAMBÉM É DOENÇA!

12:11 Radio Ideal FM 0 Comentarios



Mobilidade de um idoso é a capacidade de se deslocar de um lugar para outro, dentro ou fora de casa, sem o auxílio de outra pessoa, para atender as necessidades da vida diária.

Imobilidade, ao contrário, demonstra esta incapacidade descrita acima. O idoso pode estar confinado, assim, a uma cadeiras de rodas, a uma poltrona ou, até mesmo, ao leito.

Parece-nos simples de explicar estas situações, mas pode ocorrer de uma forma tão complexa, que é chamada de SÍNDROME DA IMOBILIZAÇÃO ou da IMOBILIDADE.

A Síndrome da Imobilização é o resultado de uma série de sinais e sintomas, de quadros clínicos que ocorrem num idoso, que facilita e perpetua a sua dependência. Também favorece e concorre para que haja uma série de complicações.

Muitas vezes, cuidadores, familiares e, até mesmo profissionais de saúde não se dão conta que o idoso imobilizado, num leito ou numa poltrona, é resultado de uma série de situações funestas de saúde. Também, não percebem que ao manterem este idoso imobilizado, além de piorar sua condição de saúde (já precária), podem auxiliar para que outras complicações se instalem.

Consequências da imobilização do idoso:
- Traz mais dependência.
- Aparecimento de escaras de decúbito.
- Incontinência urinária
- Constipação intestinal - prisão de ventre - e fecalomas
- Rigidez articular, dores nas articulações e atrofia muscular.
- Facilidade de infecções respiratórias e urinárias.
- Piora da memória e causa mais confusão mental.
- Pode provocar trombose venosa profunda em membros inferiores.

Finalmente, uma dica: QUEM GOSTA DE CAMA É COLCHÃO!

0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga