Dengue causa mortes no Mato Grosso do Sul e preocupação no Paraná e Pará

19:33 Radio Ideal FM 0 Comentarios



Como o período de chuvas, comum em todo início de ano, a preocupação com a dengue é inevitável. A doença começa a fazer vítimas e mobilizar os governos para conter o aumento de casos. No Estado do Mato Grosso do Sul, seis mortes foram confirmadas em cinco diferentes Municípios. E, no Estado vizinho, Paraná, houve registro de 2.595 casos confirmados de dengue nos últimos seis meses, uma média de 432 por mês.
Segundo um boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Mato Grosso do Sul, existem só neste ano, 4.935 casos confirmados e 19.956 casos suspeitos de dengue. O levantamento leva em consideração as semanas 1 a 4 de 2013. Vinte Municípios sul-matogrossenses contribuem com informações para o boletim.
Os Municípios onde houve registro de mortes são: Sidrolândia, Aquidauana, Nova Andradina, a capital Campo Grande, cada um com uma morte, e Vicentina, com duas mortes. A preocupação maior é que eles pertencem a regiões diferentes. Campo Grande está em Situação de Emergência por causa da dengue desde o dia 21 de janeiro. Ao todo, 22 Municípios apresentam alta incidência de casos de dengue, pois registram médias acima de 300 casos a cada 100 mil habitantes.
ParanáFábio Rodrigues - ABrFábio Rodrigues - ABr
Os 2.595 casos confirmados de dengue no Paraná estão distribuídos nos Municípios de Peabiru, 751; Paranavaí, com 664; e São Carlos do Ivaí, 308, de acordo com a Secretaria de Saúde do Paraná. Deste total, em 2.383 a infecção ocorreu no próprio Município. Em comparação ao mesmo período do ano passado, houve um aumento de 640% neste tipo de caso.
A Secretaria de Saúde reconhece o período crítico da doença e reforça que, assim como no MS, o vírus circula em diversas regiões do Paraná. O governo alerta que o registro de dengue pode aumentar no Estado.
No Pará, ações de reforço para evitar epidemia
Para evitar os alarmantes números dos Estados do Pará e do Mato Grosso do Sul, o Pará inicia ações de prevenção. O governo do Estado trabalha a conscientização da população e otimiza o serviço de coleta de lixo, em conjunto com órgãos de saneamento e limpeza urbana.
Em 2012 esse trabalho também foi feito e diminui consideravelmente o número de casos. No ano passado foram 2.443 a menos do que em 2011, quando 20 pessoas morreram. Em 2012 só quatro mortes por dengue ocorreram no Estado.
Apesar do esforço, este ano uma morte por dengue foi confirmada no Pará, em Rurópolis. A Secretaria de Saúde Pública do Pará informa que 171 casos de dengue clássica foram confirmados em 2013.
Em todo Brasil, até o dia 19 de janeiro, 49.992 casos de dengue - 89 considerados graves – foram confirmados pelo Ministério da Saúde. Apesar do alto número, houve redução de 61% em relação ao mesmo período de 2012, com 231 casos graves.
Agência CNM, com informações da Agência Brasil e Secretarias de Saúde dos Estados


Manual de instruções para Semana Missionária é disponibilizado no CAP


A movimentação para a Semana Missionária já acontece em todo paísE para melhor contribuir com a preparação, a CNBB lançou recentemente um manual de instruções com propostas de programação, orações e celebrações para a Semana, que vai acontecer simultaneamente nas (arqui)dioceses de todo Brasil, de 17 a 20 de julho de 2013, ou seja, na semana anterior à Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

O CAP - Centro Arquidiocesano de Pastoral já disponibiliza esse material. O conteúdo desse pequeno manual também visa auxiliar as paróquias a montarem sua programação em dias de atividade paroquial como é o caso da Arquidiocese de Sorocaba que terá 2 dias de concentração e os outros 2 serão nas paróquias.

Informações: 3217-6107 das 8h às 22h.

Com informações de Jovens Conectados

Secretário recebe prefeito de Limeira
As ações da Pasta voltadas à desburocratização, qualificação profissional e Centro de Inovação foram as principais temáticas discutidas no encontro
Fonte: SDECT
Luiz Carlo Quadrelli, Paulo Hadich e equipe técnica na reunião de hoje
O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia em exercício, Luiz Carlos Quadrelli, participou hoje (06) de uma reunião com o prefeito de Limeira, Paulo Hadich, para implantar e dar continuidade as ações da SDECT no município, voltadas ao empreendedorismo, tecnologia e qualificação profissional. Estiveram presentes o presidente da Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp), José Constantino Bastos, o assessor técnico, André Falchi Bueno, e a coordenadora de Ciência e Tecnologia, Desiree Zouain.
De acordo com Quadrelli o principal objetivo do Governo de São Paulo é a desburocratização dos serviços. “O governador Geraldo Alckmin atua para que a prestação de atendimento ao cidadão ocorra de forma extremamente rápida, ágil e com custo baixo”, conclui.
A implantação da Redesim Paulista em Limeira, como município-piloto, também esteve na pauta do encontro. A cidade já possui o Sistema Integrado de Licenciamento (SIL) desde 2010, um serviço unificado e integrado para obtenção de licenças, que agiliza o processo de abertura de uma empresa.
Outra questão abordada foi a implantação do Centro de Inovação em Limeira. O empreendimento deverá concentrar e oferecer serviços de apoio tecnológico e suporte ao processo de inovação das empresas.
Os cursos profissionalizantes, como o Via Rápida Emprego, que oferece qualificação profissional gratuita, também estavam entre os temas da reunição. “Este ano aumentamos o número de vagas do Via Rápida na cidade e também estamos viabilizando a construção de uma Fatec, que vai colaborar com a qualificação local e melhorar as condições para a entrada do cidadão no mercado de trabalho”, ressalta o secretário.

A escola de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo (EDESP) foi criada em 29 de fevereiro de 2012 pelo Decreto n° 57.819. É uma ação inovadora do Governo do Estado de São Paulo na área social, para capacitar e valorizar os funcionários, gestores e profissionais deste setor.
O que é?
A EDESP é uma escola que desenvolve e proporciona cursos de aprimoramento, capacitação profissional, treinamento, além de exercer as atribuições relativas à qualificação e capacitação estabelecidas no Sistema Único de Assistência Social- SUAS.
Público- Alvo
Gestores, técnicos e trabalhadores sociais das organizações públicas ou privadas atuantes no campo da assistência social.
Objetivo
- capacitar e treinar esses profissionais para o desempenho de atividades e ações referentes aos projetos e programas pertinentes à área social;
- garantir a educação continuada dos interessados no aprimoramento da política socioassistencial;
- capacitar multiplicadores de conhecimento na área social;
- qualificar técnicos de municípios e organizações de assistência social do Estado de São Paulo.
Cursos Oferecidos
- CURSO I: Política de Assistência Social.
- CURSO II: Gestão Social e Estratégias de Combate à Pobreza.
- CURSO III: Organização de Estratégias Intersetoriais em Rede Sociais e Territórios Vulneráveis.
Modalidade dos Cursos
A EDESP executa programas e cursos, diretamente ou por meio de instituições públicas ou privadas contratadas, conveniadas ou parceiras. Os cursos da EDESP são oferecidos nas modalidades presencial, semipresencial e à distância.
Como funciona
- executando programas de capacitação e desenvolvimento por meio de cursos, seminários, conferências, estágios, palestras, atividades e afins;
- desenvolvendo e estimulando a aplicação de métodos e técnicas que aprimorem os processos de trabalho e favoreçam a melhoria do desempenho profissional;
- promovendo a interatividade e a integração das diferentes linguagens e mídias, visando a melhoria da qualidade dos serviços oferecidos;
- fomentando e executando projetos visando o desenvolvimento de novas tecnologias educacionais, como forma de possibilitar alternativas de capacitação e aperfeiçoamento contínuo dos agentes da assistência social.
Conhecimento
Também é atribuição da EDESP:
a) criar, organizar e manter atualizado um acervo multimídia que reúna, em diversos suportes, o conhecimento gerado pelas ações e estudos focados no tema socioassistencial, e pelas práticas e iniciativas implantadas pelas diversas esferas governamentais;
b) manter intercâmbio em matérias de interesse com instituições congêneres nacionais e estrangeiras.
Como participar:
Os profissionais da área social são indicados pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDS), por meio de suas Coordenadorias de Ação Social (CAS), de Desenvolvimento Social (CDS), das Diretorias Regionais de Assistência e Desenvolvimento Social (DRADS), e também pelos municípios.
Parceiros da EDESP:
Fundação do Desenvolvimento Administrativo (FUNDAP), Universidades, Faculdades e Escolas Técnicas do Estado e toda instituição educacional que possuir cursos e professores na área de desenvolvimento social.

Bens de família podem ser penhorados em favor de trabalhador doméstico

A Segunda Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (GO) reconheceu que bens que guarnecem a residência de família podem ser penhorados para pagamento de dívidas trabalhistas com empregado doméstico.
Consta dos autos que alguns bens de família foram penhorados para garantir a execução de créditos decorrentes de vínculo de emprego doméstico. Porém a executada alegou a impenhorabilidade dos bens que guarnecem seu imóvel sustentando que eles estão protegidos pelo Código de Processo Civil (art. 649) e pela lei nº 8.009/1990, que protegem os bens de família contra atos de constrição judicial, considerada a necessidade de moradia e dos bens de uso na vida da família.
Entretanto, o art.  da Lei nº 8.009/1990 excepcionou a regra geral, admitindo que os bens de família podem ser penhorados para pagamento de créditos de trabalhadores da própria residência
Assim, o relator do acórdão, desembargador Daniel Viana, entendeu que diante de uma lei que estabelece disposições gerais e uma lei que estabelece disposições especiais, o intérprete deve valer-se do critério da especialidade. Ou seja, tratando-se de dívidas trabalhistas com empregado doméstico, os móveis da casa podem ser penhorados.
Dessa forma, a Segunda Turma do TRT18 decidiu negar provimento ao agravo de petição interposto pela executada e validar a penhora dos bens de família.
Processo: AP- 0000067-80.2012.5.18.0013
Autor: Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região


A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta aos gestores que as responsabilidades referentes ao Plano Brasil sem Miséria aumentaram.  O Plano que é direcionado às famílias com renda de até R$ 70 por pessoa busca integrar: garantia de renda, acesso a serviços públicos e inclusão produtiva urbana e rural.
Para efetivação do Plano, o Cadastro Único e a Busca Ativa são estratégias utilizadas para o reconhecimento da população alvo do programa.  O Cadastro serve para os governos federal, estadual, distrital ou municipal conheçam as famílias mais pobres e organizem a oferta de serviços públicos para essa população. Todos os Municípios brasileiros operam o Cadastro Único. A Busca Ativa é o deslocamento de equipe até as famílias extremamente pobres para inclusão no projeto.
Para atender essas exigências, a CNM lembra que o Município precisa de uma estrutura de operacionalização que disponha entre outras coisas de equipamentos, de pessoal qualificado, de realização do translado da equipe e capacitação de pessoal. Para o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, todas essas responsabilidades precisam ser consideradas, pois a responsabilidade dos Municípios só aumenta em detrimento dos planos da União.
Mais gastos para o gestor
O Plano Brasil Sem Miséria implica em gastos para a Assistência Social e o recurso que a União tem informado para repasse é de pouco mais de três reais para cada família cadastrada. A CNM defende que o apoio financeiro de gestão seja reavaliado diante das exigências estabelecidas aos Municípios, uma vez que cabe ao ente municipal o papel de execução da busca ativa, preenchimento e atualização periódica das informações.


Inaugurou na última sexta-feira (01/02/2013) a Livraria Atlântica no Boituva Park Shopping.www.boituvaparkshopping.com.br









0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga