Com governador, prefeito pede inauguração da ETE Campos de Boituva ainda neste semestre Com investimento de 6,8 milhões de reais, ETE Campos de Boituva é o ponto de partida para equacionar a questão de saneamento da cidade. De olho nas obras da SABESP, Prefeito ajusta meta para que Boituva conte com 100% do esgoto tratado ainda em 2013.

20:21 Radio Ideal FM 0 Comentarios



Por ocasião da visita do governador Geraldo Alckmin à região, ocorrida no último sábado, dia 2 de fevereiro, o prefeito Edson Marcusso solicitou oficialmente a inauguração e a efetiva entrega da Estação de Tratamento de Esgoto Campos de Boituva, que já estão com as obras concluídas.
A ETE Campos de Boituva impactará positivamente na qualidade de vida de 18 mil boituvenses, como resultado de um investimento realizado pelo Governo do Estado de São Paulo, de aproximadamente 6,8 milhões de reais. “Temos como meta tratar todo esgoto coletado em Boituva no prazo de um ano”, ressaltou Marcusso.
“Já conversamos com o secretário do Saneamento e Recurso Hídricos, ontem mesmo sobre esse assunto”, disse o prefeito ao Governador, em referência a conversa que manteve no dia anterior com o secretário Edson Giriboni, por ocasião de sua visita a Boituva. Em acolhimento ao pleito de Marcusso, Alckmin garantiu que a inauguração se dará em breve. “É questão de ajustarmos agenda, mas estaremos em Boituva para inaugurar esta importante obra”, finalizou o governador.
Esgoto 100% Tratado em 2013
A meta lançada pelo prefeito Edson Marcusso, juntamente com o superintendente da Unidade de Negócio Médio Tietê, Mario Eduardo Affonseca Pardini, é de que Boituva conte com 100% de tratamento do esgoto coletado ainda em 2013. “Estamos trabalhando para alcançarmos esta meta que ajustamos com o prefeito”, disse Pardini.
Para isso, além de colocar em funcionamento a ETE Campos de Boituva, com capacidade de tratamento 29,3 litros/segundo, a SABESP precisa concluir as obras da Estação de Tratamento de Esgoto do Pau D’Alho (ETE Pau D’Alho), ocorra ainda este ano. Um segundo investimento, na ordem de 8,6 milhões de reais, que resultará no tratamento de mais 71,4 litros/segundo, beneficiando uma população de aproximadamente 44 mil boituvenses.
Estes investimentos resultam de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado com o Ministério Público, pela Prefeitura de Boituva e a SABESP, que prevê a desativação do sistema de tratamento do Parque Novo Mundo até 2013. Ela se dará com reversão do sistema de tratamento de esgoto do Parque Novo Mundo para a ETE Pau D’Alho. “Uma solução definitiva para o mau cheiro para os moradores do Parque Novo Mundo e região”, disse o prefeito.
 
Da Assessoria de Comunicação




0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga