Sem espaço no governo, vice-prefeito de Palmas renuncia ao cargo

16:23 Radio Ideal FM 0 Comentarios



CECÍLIA SANTOS
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, EM PALMAS
Com críticas à falta de participação de seu partido na gestão, o vice-prefeito de Palmas, Manoel Aragão da Silva (PPS), conhecido como sargento Aragão, renunciou ao cargo nesta quarta-feira (10).
Aragão, que é deputado estadual, disse ter sido ignorado pelo prefeito Carlos Amastha (PP) na composição do secretariado.
"O PPS foi ignorado apos a vitória. A participação é um direito, não estou pedindo favor", afirmou o deputado, que ainda criticou Amastha por "compor com os mesmos adversários de sempre".
Com a renúncia, Palmas ficará sem vice-prefeito pelos próximos quatro anos. Na ausência do titular por mais de 30 dias, assumirá o presidente da Câmara Municipal, Raimundo de Negreiros, o major Negreiros (PP).
Em nota, Amastha disse que a renúncia foi uma decisão de Aragão, e afirmou respeitá-la. Disse ainda lamentar que "companheiros do PPS que o ajudaram a ser eleito não irão participar da administração municipal".
Colombiano naturalizado brasileiro, o empresário Amastha foi eleito com 50% dos votos, após partir de 1% de intenções de voto nas primeiras pesquisas. Sem apoio de nenhuma grande liderança política local, sua coligação reuniu PP, PPS e PC do B.
O prefeito foi ainda o candidato que proporcionalmente mais gastou na campanha, entre as capitais que não tiveram segundo turno em 2012. Declarou despesas de R$ 3,5 milhões.

0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga