Reforço da vacinação contra o sarampo é realizada em Tatuí durante as férias Imunização gratuita é destinada a turistas que pretendem viajar a áreas de risco

16:22 Radio Ideal FM 0 Comentarios


Crédito: Comunicação Tatuí - Evandro Ananias

Tatuí realiza neste período de férias uma ação especial de combate ao sarampo. O objetivo é imunizar as pessoas que pretendem viajar para áreas consideradas de risco e manter a doença fora do país.  A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, reforça a vacinação, disponível de maneira gratuita, nas Unidades Básicas de Saúde nos meses de janeiro e fevereiro.
O estado de São Paulo não apresenta circulação endêmica de sarampo desde 2000, mas a doença continua ocorrendo em vários países do mundo. Em 2012, a circulação do vírus manteve-se na Europa, Ásia e África. Foram registrados 26 mil casos de sarampo na Europa, principalmente na França e na Alemanha. A doença também foi registrada nos Estados Unidos. No último dia 2 de janeiro, houve uma notificação de caso suspeito em Bauru, com histórico de deslocamento internacional para a Flórida, que apresentou sorologia reagente para sarampo na primeira amostra. O caso segue em investigação para sua conclusão.
O vírus é altamente transmissível e o contágio pode ocorrer através do ar, principalmente em ambiente fechados como creches, escolas, clínicas e meios de transporte, incluindo os aviões.
A ação também é direcionada aos profissionais que atuam no setor de turismo, funcionários de companhias aéreas, de transporte rodoviário, motoristas de táxi, funcionários de hotéis e restaurantes, e outros que mantenham contato com viajantes.
A vacina tríplice viral é a medida de prevenção mais eficaz contra o sarampo, protegendo também contra a rubéola e a caxumba. “Vale reforçar a todos os viajantes e participantes de eventos de massa, sobre a necessidade de manter as vacinas atualizadas. A imunização deve acontecer 15 dias antes da viagem ou do início do evento”, explica a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Marilu Rodrigues da Costa.   

Retorno e sintomas
Cabe ainda alerta a quem retorna de viagem. Em caso de febre e surgimento de bolhas ou brotoejas pelo corpo, é necessário evitar o contato com outras pessoas, além de procurar imediatamente o serviço médico. 
Além das manchas avermelhadas na pele, que começam no rosto e progridem em direção aos pés, os sintomas do sarampo são febre, tosse, mal-estar, conjuntivite, coriza, perda do apetite e manchas brancas na parte interna das bochechas.
Mais informações podem ser obtidas na própria Vigilância Epidemiológica, Travessa Monsenhor Magaldi, 296, ou pelos telefones (15) 3259-6358 ou 3259-1564. 

0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga