Propostas para a Radiodifusão Comunitária

16:00 Radio Ideal FM 0 Comentarios



Gabriela Contieri
Coordenado pela Secretaria de Comunicação e Inclusão Digital (Secom), o Grupo de 
Trabalho (GT) de Radiodifusão Comunitária finalizou no dia 3 de janeiro de 2013 
suas propostas, que visam oferecer apoio cultural e formação a rádios comunitárias. 
Foram oito reuniões que, segundo a diretora de Políticas Públicas da pasta, 
Claudia Cardoso, proporcionaram ao governo estreitar relações e firmar uma agenda
 de apoio 
cultural às rádios comunitárias. O relatório será encaminhado ao Executivo em março 
deste ano.
A diretora disse que as oito reuniões foram extremamente positivas, já que
proporcionaram ao Estado estreitar as relações e firmar uma agenda que
contempla regularmente as rádios 
comunitárias com apoio cultural. "Este tipo de discussão não é uma realidade 
em todo país. O Rio Grande do Sul avança com uma política de sustentabilidade
 para as rádios comunitárias. Atualmente são mais de 400 rádios no ar, mas apenas 
130 cadastradas junto ao Estado, e nós queremos mudar esta realidade", avalia Claudia.
Entre as propostas estão a realização de um seminário para discutir políticas de
 financiamento para rádios comunitárias, a criação de um fundo de fomento 
e financiamento à radiodifusão e da rubrica para apoio cultural que deve 
contribuir para a sustentabilidade das programações e da comunicação pública 
e comunitária. Também, a realização de estudos de radiofrequência, um plano de
 universalização da banda larga considerando a modalidade de provedores comunitários,
 entre outras.
O coordenador executivo da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária 
(Abraço), Joaquim Antonio de Souza Goulart, disse que o debate durante os meses
 de reunião mostra a disposição do Governo do Estado em desenvolver uma cultura de 
relacionamento com os órgãos institucionais. Participaram do GT representantes da
 Secom, Abraço, Assembleia Legislativa, Gabinete do Governador, as secretarias de 
Cultura, Justiça e Direitos Humanos, Educação, e Procuradoria Geral do Estado (PGE).
Fonte: Site Tudo Rádio

0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga