Projeto Guri: transformação social por meio da música

08:30 Radio Ideal FM 0 Comentarios



O programa da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo está presente em mais de 317 municípios e atende 51 mil jovens

Ana Paula aluno do Projeto Guri de SorocabaAna Paula aluno do Projeto Guri de Sorocaba
A música, expressão artística presente em todas as culturas, tem a capacidade de transmitir emoções e reunir pessoas. O Projeto Guri, ação conjunta com a  Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, oferece desde 1995, nos períodos de contra-turno escolar, cursos de iniciação e teoria musical, coral e instrumentos de cordas, madeiras, sopro e percussão em diversas cidades do interior, com o intuito de promover a educação musical e a prática coletiva de música, tendo em vista o desenvolvimento humano de jovens. 
Os cursos são gratuitos e se destinam a crianças e adolescentes com idades entre 6 e 18 anos. Para participar, não é preciso ter conhecimento prévio de música nem realizar testes seletivos. Basta estar matriculado em qualquer instituição de ensino da rede pública ou particular e ter frequência regular. 
Os 421 Pólos do Guri em todo o estado estimulam a prática em grupo, que possibilita maior interação e participação dos alunos. Graças a esse método, Ana Paula Faria de Franca, de 13 anos, conseguiu superara a tímidez e interagir melhor na escola, enfrentando até as apresentações com o projeto. “Sem o projeto eu não conseguia me expressar direito.Tinha muita vergonha.” diz. Ao ingressar no Guri, o aluno opta pelo aprendizado de um instrumento musical, de canto coral ou ambos os cursos. Ana Paula está a três anos no programa, e diz que chega a passar mais de quatro horas por dia no Pólo de Socoracaba, cidade onde mora, em aulas de eufônico (instrumento de sopro), coral e orquestra. 
De acordo com Márcio Fonseca, responsável pela Pólo Guri em Sorocaba, Ana Paula é uma das alunas mais esforçadas e de destaque no programa. A aluna foi “descoberta” por um vizinho, que era professor de música e que viu nela um grande potencial. “Meu vizinho me indicou o Guri e disse que seria a melhor forma para eu me aperfeiçoar” disse Ana. A jovem disse que sua família não entende muito a sua vocação e que na escola acham estranho o instrumento que toca, o eufônico. Mesmo assim, diz que a música se tornou um objetivo de vida. “Sempre quis ser professora. Mas agora sonho em entrar em um conservatório, depois cursar uma faculdade de música e então me tornar professora de música” diz. 
Assim como Ana, cerca de existem 51 mil jovens e crianças estão matriculadas no Projeto Guri. Esses alunos fazem apresentações frequentes e costumam excursionar pelo estado, em pequenos, médios ou grandes eventos. O resultado é produto da dedicação do grupo e, ao mesmo tempo, também de cada um.
Está aberto o período de matrículas para o  ingresso no Projeto Grui.  No total, são oferecidas 47 mil vagas, sendo 13 mil nas unidades da Grande São Paulo e as demais para o interior e Litoral. Na capital, as matrículas vão até o dia 18 de fevereiro, enquanto que nos polos do interior e litoral as inscrições poderão ser feitas até dia 15.


Serviço: Capital: Matrículas de 21/01 a 18/02. Sede: Largo General Osório, 147 – Luz – São Paulo (SP). Telefone: (11) 3585-9888. Site: http://www.gurisantamarcelina.org.br.
Interior e Litoral: Matrículas de 28/01 a 15/02. Sede: Avenida Francisco Matarazzo, 682 – Água Branca – São Paulo (SP). Telefone: (11) 3874-3355. Site: http://www.projetoguri.org.br.

0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga