Cidades intensificam trabalho de prevenção à dengue na região Casos da doença foram confirmados em Jumirim e Boituva, SP. Agentes de saúde alertam moradores para evitar focos do Aedes aegypti.

20:05 Radio Ideal FM 0 Comentarios



As equipes de Vgilância e Saúde em Boituva e Jumirim (SP) intensificaram as ações de prevenção à dengue nos respectivos municípios após a confirmação de casos da doença.
Em Boituva, um caso autóctone – contraído na própria cidade – foi registrado. Já em Jumirim são três importados – quando a doença é contraída em outra localidade.
Em Boituva, além do caso confirmado, outras duas notificações de pacientes com suspeita de dengue foram feitas. Um dos pacientes mora no bairro Chácara Vitielo, por isso, a Vigilância Epidemiológica faz a nebulização em nove quadras próximas da casa do morador. A aplicação de veneno é uma forma eficaz de combate ao mosquito transmissor Aedes aegypti, mas a nebulização só protege a área por alguns dias. Se não houver eliminação dos possíveis criadouros, os insetos voltam a circular.
Antes do trabalho de aplicação de veneno, os moradores são orientados a deixarem as casas e só devem voltar meia hora após a aplicação do veneno. Segundo a agente de vigilância ambiental, Eliete Almeida dos Santos Custódio, os agentes precisam da colaboração dos moradores. “A gente costuma deixá-los avisados. Assim fica mais fácil para você chegar e já tirar todo mundo de dentro de casa. Aproveitamos também para orientar que, após a nebulização, o trabalho de prevenção tem que ser desenvolvido no dia a dia. Se chover, cada morador deve eliminar todos os vasilhames e recipientes que possam acumular água. Se não fizerem isso, a aplicação não adianta”, comenta.
De acordo com a diretora da Vigilância e Saúde da cidade, Bárbara Ann West, o registro de um caso confirmado e outros suspeitos é motivo de alerta para as autoridades de saúde, principalmente nesta época do ano. “A dengue tem um quadro cíclico e os números já estão mostrando que neste ano a situação vai ficar muito feia em relação à transmissão da dengue. Eu acho que o trabalho preventivo já foi feito ao longo do ano passado. Neste momento, precisamos interromper essa transmissão o mais rápido possível”, diz.
Jumirim
Na cidade, as autoridades de saúde também estão em alerta. Além dos casos importados, cinco notificações foram registradas, sendo que duas ainda aguardam resultado dos exames. Para combater e prevenir a transmissão, agentes de saúde percorrem as casas para dar orientações aos moradores. “A gente tem uma grande quantidade de mosquito que pode, no período de viremia, quando essas pessoas estão doentes, picar o paciente. Com isso, o vírus acaba incubado no mosquito e vai gerar a transmissão dentro do próprio município”, alerta o agente de saneamento de Jumirim, José Augusto Landucci.
A nebulização protege a área por alguns dias. Se não houver eliminação dos possíveis criadouros, os insetos voltam a circular. (Foto: Reprodução TV Tem)A nebulização protege a área por alguns dias. Se não houver eliminação dos possíveis criadouros, os insetos voltam a circular. (Foto: Reprodução TV Tem)

0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga