Luiza Erundina discute iniciativas para implantação da rádio digital no Brasil

09:40 Radio Ideal FM 0 Comentarios


Ao longo das últimas décadas, o advento das tecnologias de informação e comunicação revolucionaram a interação humana e a expressão. Pensando neste sentido, a Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão e o Direito a Comunicação com Participação Popular (Frentecom), se reuniu nesta terça-feira (4) com representantes do governo e da sociedade civil para debater sobre a implantação do rádio digital no Brasil.

A deputada Luiza Erundina (PSB-SP), coordenadora da Frentecom, presidiu a mesa de convidados e deixou claro quais as pretensões da Frente Parlamentar. “Pretendemos acompanhar sistematicamente esse processo e queremos promover outras iniciativas a partir de um novo passo que se coloca com relação a este tema”, explicou a socialista.

Para o diretor do Departamento de Acompanhamento e Análise do Ministério das Comunicações, Octávio Penna Pieranti, o padrão técnico brasileiro deve ser aberto, especificamente aos testes para implantação da rádio digital. “Precisamos partir de uma análise técnica e esse debate precisa ser dirigido de forma efetiva para que o Brasil possa ter um serviço de qualidade”, disse Pieranti.

Já o diretor executivo da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço Nacional) José Soter, acredita que a digitalização do rádio não se trata apenas de uma questão tecnológica ou técnica. “Acredito que hoje todo brasileiro tem um receptor de rádio em casa. Temos que buscar pesquisadores para dar suporte e consultoria para o nosso movimento”, argumentou.
Marco regulatório

O Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional decidiu nesta segunda-feira (3), em sua primeira reunião com a nova composição de conselheiros, que vai retomar o debate sobre o marco regulatório do setor.

Apesar de não integrar o conselho, a deputada Luiza Erundina disse durante a reunião da Frentecom que vai acompanhar todas as reuniões para defender a participação da sociedade nos debates. “Eu me preocupo com os critérios para renovação de concessão de Rádio e TV. É um assunto de responsabilidade do Conselho de Comunicação e que interessa a toda sociedade civil”.

O conselho volta a se reunir em 1º de outubro, às 11h30, quando discutirá sua agenda de prioridades.
Rhafael Padilha

0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga