Abraço Ceará no Encontro das ABRAÇOs do Nordeste

06:43 Radio Ideal FM 0 Comentarios





Os dirigentes das Associações Brasileiras de Radiodifusão Comunitária (Abraços) da região Nordeste se reuniram na Casa do Trabalhador de Lauro de Freitas, Bahia.
A abertura, na noite do dia 9 de agosto, foi realizada pelos representantes das Abraços presentes. A anfitrião Kamayura Saldanha, coordenadora executiva da Abraço Bahia e coordenadora de etnia e gênero da Nacional, fez a acolhida. Já o coordenador da Abraço Ceará, Ismar Capistrano, falou sobre os desafios das rádios comunitárias. “Precisamos superar os desafios do reconhecimento, da marginalização e da sustentabilidade das rádios comunitárias”, afirmou.“A união das rádios comunitárias de todo o Brasil deve ser a principal preocupação do movimento”, defendeu Flávio Marques, da Abraço Pernambuco. Rodolfo Arruda da entidade paraibana fez votos de um Encontro proveitoso e participativo.
O coordenador executivo nacional, José Soter, lembrou que as rádios comunitárias da região tem o desafio de fortalecer o desenvolvimento local.A forte participação das mulheres no evento foi ressaltada pela coordenadora do coletivo de mulheres do Nordeste, Nadeje Santos. “Este é um momento ímpar, principalmente, pela participação das mulheres de Pernambuco e Bahia que respeitou a cota de 30%”, disse.
Na manhã do dia seguinte, o secretário de radiodifusão do Ministério das Comunicações, João Paulo Andrade, debateu com os participantes. Ele explicou que a característica de sua gestão era facilitar a comunicação com os radialistas comunitários. “Iremos enviar todas nossas solicitações e comunicados para emissoras primeiro por e-mail. Também estaremos atentos para tirar todas dúvidas enviadas para nossos e-mails”, afirmou. Ele também revelou que o novo decreto regulamentador da Lei de Radiodifusão Comunitária sofreu modificações na Casa Civil.
Os principais avanços desta regulamentação são a queda do raio de 1 km de atuação das emissoras, o apoio cultural possibilitando o anúncio de produtos e serviços e a conversão das multas em advertências. Ainda anunciou que em 2013 serão realizadas três encontros custeados pelo Ministério das Comunicações, um junto com a Universidade Federal de São Carlos, em São Paulo, outro junto com a Abraço e mais um com outra entidade representativa das rádios comunitárias. João Paulo ainda afirmou que vai defender as verdadeiras rádios comunitárias. “Nós iremos atrás de todas as entidades que perseguem a radiodifusão comunitária”, disse. Ele esclareceu que as associações com vínculo partidário e religioso são as que mais distorcem o serviço. José Sóter relembrou que há um plano em três etapas para as mudanças na Lei.
Logo após o participativo debate, o representante do padrão HD Rádio no Brasil, Guiliano Melles, apresentou o modelo, ressaltando principalmente a interatividade e multigeração de programação os principais benefícios do padrão. A transferência de tecnologia é outra garantia do HD Rádio. O coordenador da Abraço Ceará, Ismar Capistrano, alertou que a mudança de modelo não é só tecnológica. “Devemos pensar numa nova forma de produzir conteúdo, convergente, diverso e interativo”, disse. No período da tarde, os dirigentes da Abraços estaduais realizaram uma plenária que deliberou a necessidade de realizar encontro semestrais e articular ações em conjunto.
Informações: Abraço-CE

0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga