Deputada entrega abaixo assinado para Osmar Santos em Sorocaba

09:26 Radio Ideal FM 0 Comentarios



Bola da Copa
Deputada entrega abaixo assinado para Osmar Santos em Sorocaba
A deputada estadual Maria Lúcia Amary (PSDB) está à frente de uma iniciativa, em apoio do locutor esportivo Osmar Santos, para denominar a Bola da Copa de 2014, a maior protagonista dentro de campo, de “Gorduchinha”, referência ao bordão que ficou famoso na década de 70, “Pimba na Gorduchinha”.  
A parlamentar fez um abaixo assinado com a assinatura de 82 deputados estaduais e enviou ofício ao Presidente da CBF, José Maria Marin, ao Ministro dos Esportes, Aldo Rabelo, ex-jogador e deputado estadual do Rio de Janeiro Bebeto, que também faz parte da iniciativa, para a FIFA e para o Presidente da Adidas Brasil, Fernando Basulado, uma das patrocinadoras da Copa.
A entrega simbólica a Osmar Santos do abaixo assinado e dos ofícios acontece em Sorocaba, no próximo dia 15, data em que Osmar Santos recebe o título de cidadão Sorocabano proposto pelo vereador José Francisco Martinez (PSDB).
A dupla, Osmar Santos e a Gorduchinha fez o Brasil chorar, comemorar, sentir a paixão na pele. Enquanto a Gorduchinha rolava nos gramados, a voz de Osmar narrava em sincronia perfeita entre o lance e o grito sufocado na garganta de milhões de brasileiros. “Agora é a nossa vez de retribuir toda emoção que Osmar nos deu por tanto tempo. Ele foi a voz da torcida brasileira”, finaliza.


SESI TATUÍ INICIA INSCRIÇÕES PARA O EDITAL LOCAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS

Os interessados deverão enviar os projetos de artes cênicas e música pelo correio até o 25/06/2012. O resultado será divulgado por meio do site da unidade www.sesisp.org.br/tatui no dia 25/07/2012.

            De 25/05/2012 á 25/06/2012, o SESI Tatuí recebe inscrições para o Edital Local de Seleção de Projetos Culturais. A unidade responsável selecionará projetos de artes cênicas – especificamente espetáculos de teatro de rua, teatro de animação e formas animadas, circo e dança – e música. Os selecionados integrarão a programação cultural de apresentações ao ar livre ou em espaços do SESI Tatuí, citados no anexo II do Edital.
A iniciativa visa estimular a produção cultural da cidade por meio da escolha de projetos não inéditos de grupos e companhias sediados no máximo a 180 km do Centro de Atividades da unidade.
Os interessados deverão encaminhar as propostas pelo correio para o endereço do SESI Tatuí, Av. São Carlos, Nº 900 – Dr Laurindo –Cep 18271-380 Tatuí SP com a especificação Edital de Chamamento 2012 – Modalidade (teatro ou música) escrita no item de informação do destinatário.
             A entidade reserva para si o direito de não devolver a documentação enviada e de utilizar o carimbo de postagem dos Correios como data oficial de envio. As postagens carimbadas com datas posteriores ao prazo de vigência do edital serão desconsideradas.
            O edital completo e as fichas de inscrições estão disponíveis no site www.sesisp.org.br/tatui. O resultado da seleção dos projetos será publicado única e exclusivamente no mesmo endereço eletrônico no dia 25/07/2012.
            Os espetáculos selecionados complementarão a agenda cultural do SESI Tatuí no segundo semestre de 2012 – com a possibilidade de prorrogação por mais um ano.

Edital de Chamamento 2012 – Modalidade (teatro ou música)
Centro de Atividades Wilson Sampaio - SESI Tatuí
Endereço do SESI- Av. São Carlos,Nº 900- Dr Laurindo-CEP 18271-380 Tatuí - SP


SERVIÇO
Edital de Chamamento 2012 – Seleção de Projetos Culturais Locais
Inscrições: De 25/05/2012 a 25/06/2012
Resultado: 25/07/2012 pelo site www.sesisp.org.br/tatui
Mais informações: cactatui@sesisp.org.br - (15) 3205-7930- (15)3205-7910


Russi no clima das festas juninas

As 22 unidades do Russi Supermercados já entraram no clima das tradicionais festas juninas.  Além da decoração temática, os clientes encontram nas gôndolas e nas “barraquinas”, montadas nas lojas, toda a variedade de produtos típicos da época tais como: canjica, amendoim doce e salgado, paçoca, pinhão, pipoca, vinho, gengibre, pé de moleque, entre outros.




Russi lança campanha em homenagem aos seus colaboradores

 

Qualidade, dedicação, alegria e gentileza são os diferenciais oferecidos aos clientes

O Grupo Russi, uma das principais redes de Supermercados do Interior de S. Paulo, lança nova campanha institucional. Estrelada pelos colaboradores, principal ativo da empresa, a campanha tem como foco a qualidade, dedicação, alegria e gentileza oferecida aos clientes.

Com um visual alegre, utilizando o color blocking e mantendo identidade da marca, o Russi adotou o slogan “Do Russi pra você”, destacando os principais diferenciais de atendimento oferecido pelos colaboradores aos clientes da rede. O slogan irá assinar o filme promocional da campanha e os materiais impressos.
“É uma emoção muito grande participar dessa campanha, pois ela mostra exatamente o diferencial e a qualidade do Russi. Um supermercado é construído com paredes, gôndolas e produtos, o que determina a experiência de compra e satisfação do cliente são as pessoas que lá trabalham e essa é a nossa conquista”, conta Dagoberto Marquesin, gerente da Distrital I do Russi.
Para Leonardo Fábio Rosa, gerente da Distrital II, a campanha mostra a identidade da empresa. “Somos a cara do Russi para os clientes e é uma satisfação participar dessa campanha e mostrar a alegria que é fazer parte dessa rede”.
A campanha estreia neste domingo, 3 de junho, no intervalo do programa Fantástico da Rede Globo de Televisão.
Para divulgação da campanha, o Departamento de Marketing do Russi preparou um vídeo institucional, anúncios que serão publicados nos principais jornais e revistas das 15 cidades do interior de São Paulo onde a rede atua (Várzea Paulista, Campo Limpo Paulista, Bragança Paulista, Franco da Rocha, Itatiba, Itupeva, Valinhos, Vinhedo, Jundiaí - onde está sua sede -,Tatuí, Tietê, Boituva, Salto de Pirapora, Cesário Lange e Piracicaba além dos materiais desenvolvidos especialmente para a divulgação da campanha, em todas as 22 lojas Russi.
Segundo Patricia Russi, diretora de Marketing da Rede, a campanha é uma forma de agradecer os colaboradores, que são o diferencial de atendimento da rede. “Essa campanha é uma verdadeira homenagem, para valorizar e reconhecer a dedicação dos nossos colaboradores que trabalham sorrindo e tem a satisfação do cliente como motivação para continuar fazendo sempre o seu melhor”, finaliza.


Longe do voto consciente

A Justiça Eleitoral entra sempre nas campanhas em período eleitoral. Ela tem espaço gratuito na mídia para passar informações sobre as eleições. Entretanto, costuma confundir informação com apoio ao processo eleitoral e sempre passa a fazer propaganda da eleição. Sim, propaganda do pleito. Ao invés de informar a ordem de votar, por exemplo, de quem teria direito a votar e de quem estaria proibido, a Justiça reforça a tese, absurda e distorcida, de que cidadania se exerce com o simples ato de apertar botão colorido no dia da eleição. Trata-se do coroamento de uma confusão entre cidadania na sua plenitude e um de seus componentes, que é o ato isolado e obrigatório de votar.
A escolha do candidato à presidência da República pelo Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB para a eleição de 2006 demonstrou cristalinamente que o cidadão não tem nenhuma participação no processo de escolha dos candidatos. Um jantar com três caciques, Fernando Henrique, Aécio Neves e Tasso Jereissati foi a representação legítima de todos os filiados. Procedimento dessa natureza nas escolhas de todos as agremiações partidárias.
No Brasil o faz, desfaz, faz o mesmo novamente serve exatamente para os caudilhos políticos perpetuarem-se no poder. Trata-se de conduta abrangente e generalizada que tem o propósito de eternizar alguns grupos ou clãs políticos. Exemplo desse tipo de mudança irrelevante foi o período do mandato presidencial, ora seis, ora quatro, ou cinco anos. E também o instituto da reeleição, que há quinze anos era considerada pela quase unanimidade como a salvação da política nacional. Diziam que um mandato era pouco, com definição de cada ano. O primeiro para tomar pé da situação, o segundo para aprovar alguns projetos, o terceiro para constatar que não poderia realizar o que prometera e o último para sair.
Quanto à tese de que o voto é o trunfo maior da democracia, em 1986, foi feito um trabalho na escola sobre a relevância de votar na eleição para os governos estaduais. Minha parte seria demonstrar a importância do voto. Foi o melhor.
Escolhi diferentes cobras de plástico e a cada serpente atribuí o nome de um candidato ao governo de São Paulo. Com elas fiz um círculo sem nenhuma brecha. No centro, coloquei um sapo que representava o eleitor. O dia da eleição significava o dia que esse sapo sairia do círculo. Ou seja, escolheria por qual cobra seria picado. Morreria de qualquer jeito, apenas teria o direito de escolher com qual veneno. A cascavel foi eleita. Era o Quércia.
Nunca a roubalheira foi um mecanismo de política como de uns anos para cá. Os sanguessugas, a máfia das ambulâncias, a corriola de todas as autoridades de Rondônia, o mensalão, José Arruda, e agora a Delta, Carlinhos Cachoeira e Demóstenes Torres são parcos exemplos. De tão generalizada, parece escapar apenas o político não alcançado pelas escutas telefônicas ou pelas filmadoras.
Numa das eleições, a Justiça Eleitoral se arrogou ao direito chamar o eleitor de patrão. Que patrão! Patrão escolhe livremente seus empregados. Se o voto fosse facultativo, não haveria reparo nessa comparação, desde que a Instituição dissesse que o direito de votar era proporcional ao de não votar. Além de distorção da função, na escolha de políticos a cautela devida seria sempre recomendável. E a Justiça Eleitoral não deveria engrossar a onda geral de dar um valor que o voto isolado definitivamente não tem, principalmente porque o eleitor não tem nenhuma influência nem participação na escolha dos candidatos. Essa farsa não merece guarida da Justiça Eleitoral. Com essa forma de participação política, o voto vale tanto para a democracia quanto o sapo para a fome da cobra.
Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP        
  Bacharel em direito                   








0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga