Sabesp inicia obras para implantação de nova adutora em Boituva

08:35 Radio Ideal FM 0 Comentarios



Obras devem ser concluídas em menos de dois meses

A Sabesp, em parceira com a Prefeitura de Boituva, iniciou no último dia 02 a construção de uma nova adutora de água tratada. A implantação da adutora de água tratada quase dobra a capacidade do sistema de distribuição de água em Boituva. Isso será possível, pois a nova rede permitirá significativa melhoria operacional do sistema de abastecimento, aumentando em cerca de 40 por cento o volume de água distribuído. A viabilização da obra foi graças aos esforços da Administração Municipal, por meio de gestão junto à direção da Sabesp.
De acordo com o gerente da Sabesp local, Jorge Luiz Antunes, essa obra ajuda a adequar o sistema de distribuição de água, proporcionando um reforço no abastecimento. “Água é um item básico no dia-dia das pessoas. Com a nova adutora, a população de Boituva poderá ficar tranquila na questão do abastecimento, porque nos próximos oito anos a cidade não deve enfrentar problemas de falta de água, já que essa obra visa atender uma população de 60 mil habitantes, projeção estimada para o ano de 2020, com vazão média de 200 litros de água por segundo, o que garante mais conforto e a saúde para toda comunidade boituvense”.  
Para o superintendente da Unidade de Negócio Médio Tietê, Mário Eduardo Pardini Affonseca, é uma satisfação fazer parte do desenvolvimento de Boituva. “Nossa preocupação é abastecer a cidade com água de qualidade, não só agora, mas para as próximas gerações. É gratificante realizar a expansão da água, em uma região que é uma das mais críticas de disponibilidade hídrica por habitante e, ao mesmo tempo, uma das cidades que mais cresce no Estado”, disse Pardini.
Esse empreendimento demonstra que a Sabesp está preparada para realizar os investimentos comprometidos nos planos municipais de saneamento para atendimento das necessidades atuais e, até mesmo, antecipar obras previstas para o futuro. “Se a população consome, a empresa cresce e, um grande diferencial é que a Sabesp tem capacidade e porte para acompanhar esse desenvolvimento”, afirmou o superintendente.
A obra terá o investimento de R$ 2 milhões e a previsão é que adutora esteja concluída em quarenta dias. São cerca de 3.000 metros de tubulação de ferro fundido com 400 milímetros de diâmetro. A execução será com mão de obra própria da Empresa. A capacidade de adução passará de 120 para 200 litros por segundo.

0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga