Comunidade quilombola da Paraíba terá rádio comunitária outorgada

12:54 Radio Ideal FM 0 Comentarios



Assembléia formaliza grandes ações da Abraço-ES
Comunidade quilombola da Paraíba terá rádio comunitária outorgada
Veículos de comunicação popular de Fortaleza organizam mobilização
Assembléia formaliza grandes ações da Abraço-ES


A Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária do Espírito Santo (Abraço-ES) realizou no dia 31 de abril, na Barra do Jucu, uma assembléia reunindo vários representantes de emissoras da região. O encontro serviu para informar aos associados sobre a verdadeira função dos serviços de radiodifusão comunitária, e também para esclarecer dúvidas sobre o setor. Uma das pautas abordadas foi o parecer enviado pela Advocacia Geral da União sobre o apoio cultural às rádios comunitárias.

Na ocasião, foi aprovado por unanimidade, a eleição de Sebastião Luiz de Paula(Rádio Praia da Costa), como Coordenador Financeiro da entidade, sendo assim responsável pela coleta de informações e documentação para a total regularização das ações da Abraço-ES. A direção enviou fichas para os devidos cadastramentos de funções na entidade, e para a identificação das emissoras associadas. Dessa forma, os integrantes poderão receber a carteirinha de radialista comunitário, para que possam se identificarem em suas atividades de cobertura jornalística.

Para o diretor executivo da Abraço-ES, Ricardo Morais, o mais importante é que sejam esclarecidas todas as dúvidas em relação às ações da entidade, e ao serviço de radiodifusão comunitária. “Espero que todas as emissoras aqui presentes, tenham saído com a maioria de suas dúvidas esclarecidas, levando uma bagagem de informações bastante relevantes sobre radcom”, afirmou Ricardo.

A Abraço Nacional parabeniza à todos os presentes nesta importante reunião, que formaliza de um modo geral, todas as ações que serão realizadas pela entidade no estado do Espírito Santo. Um grande avanço, que beneficiará toda a população, com uma informação mais democrática, e com liberdade de expressão.

Bruno Caetano
Da Redação

No sítio Mituaçu, município do Conde, na Paraíba, funciona a Rádio Comunitária Mituaçu, cujo processo de outorga foi enviado pela Presidência da República para a Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado aprovar os serviços de radiodifusão comunitária no município.

A comunidade de Mituaçu carrega as raízes quilombolas no sangue. Tem um grupo formada por meninas entre 11 e 14 anos, que dançam a lapinha, que é uma representação folclórica ligada às festas natalinas. “Os ensaios começam sempre em setembro e as apresentações vão até janeiro”, conta Kamila Alves da Paixão, de 13 anos, uma das 11 integrantes do pastoril.

Outro indício da presença de quilombolas em Mituaçu, está na culinária e pode ser representada pela aposentada, Severina Moura da Paixão, 69 anos. Dona de um forno à lenha, que não abandona nem depois que comprou um fogão a gás, ela repete a receita para fazer um bolo de macaxeira que aprendeu na juventude. “Aprendi a usar a folha da bananeira para cobrir a forma do bolo. Além de não grudar, ele fica mais gostoso”, revela.

Todas essas características culturais da comunidade agora têm um meio de preservação e divulgação que é a rádio comunitária.A Rádio Comunitrária Zumbi dos Palmares deverá auxiliar a Rádio de Mituaçu com empréstimo de equipamentos básicos para transmissão em frequência modulada, enquanto a comunidade não consegue levantar recursos para a compra de transmissor, mesa de som e microfones.

Informação: Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares


Os veículos de comunicação popular de Fortaleza reuniram-se, na tarde da sexta, 30 de março, na Escola Municipal Mozart Pinto. Além de compartilhar suas conquistas e dificuldades, decidiram organizar-se para lutar pela criação do Fundo de Sustentabilidade da Comunicação Comunitária no Ceará. Para isso, estão articulando com deputados estaduais a apresentação do projeto de indicação que deverá contemplar os projetos de comunicação comunitária com, pelo menos, 30% das verbas publicitárias do Governo do Estado.

A mobilização cobrando a aprovação deverá acontecer no dia 18 de maio às 10 horas na Assembleia, data posterior ao Dia Mundial das Telecomunicações. Participaram da reunião, além da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária, as rádios comunitárias Dias Macedo, Dendê Sol, João XXIII e Pólo Fm, os sites Antônio Bezerra, Rede Mulher e Messejana, o jornal Vila Notícias e as produtoras de vídeo Tv Janela e Tv Unlaw. “Acreditamos que esse é o começo de uma organização que poderá criar uma entidade a nível estadual de comunicação comunitária”, afirma Valdenor da Tv Janela. “Só através de nossa união que teremos força para conquistas mais significativas”, concorda Ismar Capistrano da Abraço Ceará.

Informações: Ismar Capistrano



0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga