Sabesp vai ensinar 10 países a reduzir perdas de água

14:57 Radio Ideal FM 0 Comentarios




23 profissionais da América Latina e da África serão treinados nas técnicas mais modernas do setor em caça a vazamentos, controle de pressão e troca de rede
Técnicos da Sabesp vão capacitar profissionais de dez países nas ferramentas mais eficientes de combate às perdas de água. O curso terá aulas teóricas e práticas nas instalações da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo. A atividade acontecerá entre os dias 24 de fevereiro e 16 de março.
Estarão presentes 23 engenheiros, gerentes e diretores de companhias de abastecimento de dez nações: Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai, da América do Sul; Costa Rica, El Salvador, Honduras e Nicarágua, da América Central; e dois países africanos, Guiné-Bissau e a ilha de São Tomé e Príncipe. São nações com elevados índices de perdas de água e que ainda estão iniciando seus programas de controle de perdas ou utilizam apenas técnicas mais básicas.
Eles serão capacitados em temas como caça a vazamentos, operação de sistemas de abastecimento, escolha de materiais para as tubulações, controle de pressão e medição de consumo. O objetivo é que eles implantem um plano de combate às perdas de água em suas cidades.
O curso é fruto de uma parceria da Sabesp com a Jica (Japan International Cooperation Agency), órgão de financiamento do governo japonês. O país oriental é referência mundial em controle de perdas de água. Ao longo de três anos, mais de 50 funcionários da companhia viajaram ao Japão para receber treinamento. Da mesma forma, técnicos japoneses permaneceram no Brasil para capacitar a equipe da Sabesp em diversas ferramentas, como tecnologias para identificação de vazamentos não visíveis. Agora, a Sabesp será uma multiplicadora, ensinando a outros países o que aprendeu com o Japão e a experiência adquirida em seus quase 40 anos de atuação no Estado de São Paulo.
A parceria com a Jica também resultou em um financiamento inédito de US$ 440 milhões, valor que o órgão japonês repassará para que a Sabesp invista na redução de perdas de água. A assinatura aconteceu em Tóquio, nesta quarta-feira, 22 de fevereiro. Saiba mais aqui: http://site.sabesp.com.br/site/imprensa/noticias-detalhe.aspx?secaoId=65&id=3722.
Referência no Brasil
O trabalho da Sabesp em combate às perdas é referência nacional. Um convênio entre a empresa e a Casal (Companhia de Saneamento de Alagoas) melhorou o abastecimento nos conjuntos Benedito Bentes I e II, em Maceió. Os dois bairros recebiam água 13 horas por dia e hoje têm abastecimento ininterrupto. A parceria aumentou também a disponibilidade de água para a orla e a região do Poço e de Cruz das Almas, o que proporcionou uma redução de 60% no número de reclamações dos usuários.
Com os investimentos recentes, a Sabesp conseguiu reduzir em 3,9 pontos percentuais o seu índice de perdas de faturamento, passando de 29,5% em 2007 para 25,6% em 2011. O volume total de água que deixou de ser perdido no período é de 83 bilhões de litros. Desse total, 65% se referem à correção de vazamentos, o que é suficiente para abastecer 745 mil habitantes – o equivalente à população de São Bernardo do Campo, no ABC. A redução foi possível graças aos investimentos da empresa. Em 2011, foram cerca de R$ 310 milhões.
Mais investimentos
Para captar recursos para as iniciativas antiperdas, a Sabesp criou em 2009 o Programa Corporativo de Redução de Perdas de Água. Dividido em etapas, ele vai até o final desta década com a ambiciosa meta de diminuir para 15% o indicador da companhia, atingindo patamar de países desenvolvidos. O Japão registra 3%. A Rússia contabiliza 20%, a França 26% e a Itália, 29%.
Os investimentos até 2016 serão de R$ 1,9 bilhão, provenientes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), da Jica e da própria Sabesp. A companhia já iniciou a negociação para ampliar o volume de investimentos no Programa de Perdas em mais R$ 1 bilhão, no período entre 2016 e 2020.

0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga