A CULTURA DAS TRANSGRESSÕES, O CARNAVAL E O CRISTIANISMO

15:38 Radio Ideal FM 0 Comentarios



    
Dom Roberto Francisco Paz
Vários antropólogos tem analisado o que se denomina cultura das transgressões no Brasil, uma mentalidade permissiva e descontrolada que leva a descumprir a lei e dar um jeitinho para não ser apanhada na transgressão.   O carnaval infelizmente promove em certa medida esta atitude de pensar que debaixo do trópico não existe pecado, que nestes dias vale tudo, não havendo lugar para a fidelidade conjugal, o respeito ao corpo e até a própria vida.  
Ao mesmo tempo devemos como cristãos, evangelizar a cultura brasileira e resgatar os valores positivos do carnaval.  Não podemos esquecer que esta festa nasceu a sombra da cultura cristã, como véspera do tempo austero e sóbrio da quaresma.  Mais ainda, a luz da ressurreição, o  teólogo Harvey Cox definia o ser humano como “ homo festivus”, o  único ser vivo que celebra a vida como festa, como dom de Deus.   O povo mais simples, sabe ainda discernir entre alegria e a libertinagem, consegue viver estes dias como um momento de euforia, transbordamento e busca da plenitude, do sonho da união e fraternidade.  
Não podemos julgar a toda uma escola de samba pelas madrinhas desvestidas e despudoradas, muitas vezes, nesta mesma escola, encontramos a beleza do gingado, do fascínio das cores, da harmonia na apresentação, de um enredo que promove valores plenamente humanos.   Assim como no verdadeiro samba encontramos também, a alma humana com todas as contradições, desejos e a busca de completude e inteireza.  
É muito válido nestes dias fazer um retiro; manter-se silencioso, ou aprofundar o mistério da vida, no entanto como diz o Eclesiástico;” há um tempo para tudo para rir e para chorar, para trabalhar e para descansar”;  se participarmos do carnaval como João Batista, pulando de alegria por sentir a presença do Senhor ou como Davi dançando diante da arca; certamente daremos testemunho, que a alegria é um dom do Espírito Santo e, que os cristãos como sal da terra e luz do  mundo tem a graça e o poder de transformar todos os ambientes. 
 A única possibilidade de mudar o mundo, santifica-lo e recapitula-lo em Cristo, é assumí-lo, purificando os antivalores, tudo aquilo que degrada a pessoa, e firmando aquelas atitudes, gestos e posturas da cultura carnavalesca, que já possuem a bondade da criação e merecem ser elevadas.   Que Cristo Alegria dos homens nos conceda um Carnaval em paz, uma folia fraterna, no cuidado responsável pela vida.   Deus seja louvado!

 Bispo Diocesano de Campos


0 comentários:

Obrigado pelo seu Comentario, seja bem vindo !

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga